Você está aqui
Início > Saúde & Bem Estar > PROJETO DE LEI PREVÊ PROIBIÇÃO DA EXPOSIÇÃO DO SALEIRO NOS RESTAURANTES DE VIÇOSA

PROJETO DE LEI PREVÊ PROIBIÇÃO DA EXPOSIÇÃO DO SALEIRO NOS RESTAURANTES DE VIÇOSA

Objetivo é desestimular o consumo de sal. Caso seja sancionada, medida não vai proibir o uso, mas a exposição.

Será votado, nesta terça-feira (23), pela segunda vez, na Câmara Municipal de Viçosa, um projeto de lei que pretende proibir a exposição de recipientes que contenham cloreto de sódio, o famoso sal de cozinha, nas mesas dos estabelecimentos que comercializam refeições no município. O projeto é de autoria do vereador Sávio José, que explica que a medida não vai proibir as pessoas de utilizar o sal para temperar a refeição, mas pretende desestimular o consumo como forma de obter uma melhor qualidade de saúde.

– O objetivo é desestimular o consumo de sal sem querer proibir ninguém de fazer nada. A gente sabe que o uso excessivo de sal é causador de varias doenças, entre elas o AVC e o infarto, ambos por meio da hipertensão. É um projeto para tentar educar as pessoas a consumir menos sal – destaca Sávio José.

O vereador lembra, contudo, que não será proibido consumir o sal, mas que o recipiente não poderá ficar exposto na mesa. Caso o cliente queira temperar mais a refeição, ele poderá requisitar a presença do saleiro.

– Não é um projeto proibitivo. A pessoa que quiser usar o sal tem todo direito. Ela vai pedir ao garçom e vai usar à vontade, da maneira que ela achar adequada. Mas a gente acredita que, por ver situações como essa em Londrina (PR), em São Paulo e no Uruguai, onde é lei nacional, pela pessoa não estar em contato direto com o sal, causa um desestímulo. Desse modo, ela vai usar menos sal, sendo melhor para a saúde dela – explica.

O projeto passou pela primeira votação na Câmara Municipal na semana passada e foi aprovado por unanimidade. Agora, o vereador Sávio José acredita que ele será novamente aprovado para, então, ser encaminhado à sanção do prefeito.

Pedro Vital

Deixe uma resposta

Top