Você está aqui
Início > Cidade > “SITUAÇÃO FINANCEIRA DE VIÇOSA É COMPLICADÍSSIMA”, GARANTE PREFEITO

“SITUAÇÃO FINANCEIRA DE VIÇOSA É COMPLICADÍSSIMA”, GARANTE PREFEITO

Ângelo Chequer revelou que deverá tomar empréstimo para município honrar folha de pagamento. Dados preliminares apontam para 2015 ainda pior.

Em reunião com correligionários do PSDB, o prefeito Ângelo Chequer revelou que o município de Viçosa enfrenta sérias dificuldades financeiras. De acordo com Chequer, será necessário, ainda neste ano, que o município recorra a um empréstimo bancário no valor de R$ 4 milhões apenas para suprir a folha de pagamento dos funcionários públicos.

– A previsão do município é de arrecadar, de outubro a dezembro, algo em torno de R$ 10 milhões, sendo que as despesas com a nossa folha de pagamento (neste período) será algo em torno de R$ 14 milhões e, talvez, seja necessário fazer um empréstimo para honrarmos o 13º (salário) dos nossos funcionários – admite o prefeito.

O que preocupa ainda mais a administração municipal são os dados preliminares da Secretaria de Finanças para o próximo ano fiscal. De acordo com a repartição, a previsão orçamentária de receita de recursos próprios para 2015 é de R$ 77.320.200,00.

O valor seria insuficiente para todas as despesas previstas somadas a alguns investimentos necessários de melhoria do serviço público dos órgãos do município. O prefeito explicou como boa parte desses recursos já está empenhada.

– 10% vão para o Fundeb, que é uma obrigação constitucional. Sobram R$ 66 milhões, porém R$ 62,5 milhões já estão engessados para folha de pagamento, gastos com transporte escolar, merenda escolar, entre todos os outros gastos da administração pública. Então, me sobram R$ 3,5 milhões para eu dividir em dez secretarias. Isso para o ano que vem. Então, a situação financeira de Viçosa é complicadíssima. Muito complicada – exclama Chequer.

Para maiores investimentos, o município dependerá de recursos das esferas federal e estadual. A partir de uma verba como essa será possível asfaltar algumas ruas da cidade, dentre elas a Avenida Bueno Brandão (Balaústre).

– Eu queria comunicar uma parceria do Governo de Minas Gerais com o nosso governo, que tem previsto R$ 1,8 milhão para asfaltar diversas ruas de toda a nossa cidade. Então, hoje mesmo, eu estou enviando um projeto para o Governo de Minas Gerais, aproveitando esses últimos três meses do atual governo, que é na ordem de R$ 300 mil para asfaltar o Balaústre – revela o prefeito.

Pedro Vital

Deixe uma resposta

Top