Você está aqui
Início > Cidade > VIÇOSA REGISTRA INFLAÇÃO DE 8,86% EM 2014

VIÇOSA REGISTRA INFLAÇÃO DE 8,86% EM 2014

O Índice de Preços ao Consumidor de Viçosa (IPC), calculado pelo Departamento de Economia da UFV, registrou inflação de 1,04% em dezembro – 2,89 vezes superior à registrada em novembro (0,36%). Com isso, o acumulado em 2014 ficou em 8,86% – superior ao teto da meta (6,5%) estipulada pelo Banco Central para a economia brasileira – e foi o menor valor da inflação calculado no município desde 2010.

Dos sete grupos que o compõem o Índice, seis apresentaram inflação em dezembro: Artigos de Residência (4,38%), Educação e Despesas Pessoais (1,61%), Habitação (1,06%), Saúde e Cuidados Pessoais (1,03%), Alimentação (0,85%) e Transporte e Comunicação (0,48%). O aumento no grupo Artigos de Residência pode estar relacionado com as festas de fim de ano, que impulsionaram demandas de produtos e possibilidades de aumentos de preços pelos vendedores. Já a renovação de estoques para o início de um novo período letivo, em 2015, impulsionou o reajuste positivo dos itens de material escolar e o aumento no grupo Educação e Despesas Pessoais. O grupo Vestuário foi o único que apresentou deflação (-0,18%).

O custo da cesta básica apresentou inflação de 0,78%, inferior à de novembro (2,39%). O produto que mais influenciou o aumento foi a batata-inglesa, que teve seu preço modificado por causa de redução da oferta e do atraso do cultivo causado pela estiagem prolongada nos últimos meses.

Em dezembro, o trabalhador viçosense que ganhou um salário mínimo de R$ 724 gastou 36,42% de sua renda para adquirir os produtos da cesta básica. Em novembro, ele gastou 36,14%. Em horas trabalhadas, em dezembro, foram necessárias 80,12 horas para adquirir os produtos da cesta básica e, em novembro, foram necessárias 79,50 horas.

O índice oficial que mede a inflação no Brasil é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que encerrou o ano em 6,41%. Logo, a inflação do IPC-Viçosa foi superior ao índice nacional.

O Índice de Preços ao Consumidor de Viçosa

O Departamento de Economia da Universidade Federal de Viçosa acompanha, desde 1985, a evolução dos preços dos bens e serviços pagos pelos consumidores viçosenses. A pesquisa tem como público-alvo uma família de quatro pessoas, com renda entre 1 e 6 salários mínimos.

Além do levantamento da inflação, mensalmente, é calculado o custo da cesta básica de alimentação para um trabalhador adulto, definida pelo Decreto-lei número 399 de 30 de abril de 1938. O objetivo é avaliar o poder de compra do salário mínimo e identificar o número de horas de trabalho necessárias para a aquisição desta cesta.

Deixe uma resposta

Top