Você está aqui
Início > Cidade > MÉDICOS DO HSS FAZEM PARALISAÇÃO NOS ATENDIMENTOS POR FALTA DE PAGAMENTO

MÉDICOS DO HSS FAZEM PARALISAÇÃO NOS ATENDIMENTOS POR FALTA DE PAGAMENTO

A população de Viçosa acordou hoje (5), com uma surpresa não muito agradável no que diz respeito ao atendimento médico local. Isso porque, a Direção Clínica do hospital mais antigo da cidade decretou paralisação médica por falta de pagamento dos salários.

A Diretora Clínica do Hospital São Sebastião, Dra. Adriana Cestaro, explicou em entrevista concedida no início da manhã à Rádio Montanhesa, que o acerto com os médicos está em atraso há 4 meses e que a suspensão do atendimento por parte dos profissionais é uma maneira de reivindicar o direito de receber em dia pelo serviço prestado.

“Nós estamos fazendo uma paralisação de 24h em todos os setores, emergência, bloco cirúrgico, obstetrícia para reivindicar o pagamento dos salários atrasados. Vai para quatro meses agora de atraso em dezembro e tem médicos que vivem desse dinheiro, que não atendem em consultórios” explicou a diretora.

Ainda de acordo com Adriana, o ato de hoje é apenas uma prévia, caso não surta efeitos e a situação não  seja normalizada, os médicos pretendem fazer paradas no atendimento que podem durar meses. “Crise tem, agora, o dinheiro existe, então a gente precisa receber, não tem condição. Se esta paralisação não surtir efeitos a gente vai parar realmente, um mês, dois até aparecer o dinheiro.”

Dra. Adriana disse ainda que os acordos com a administração do hospital são tratados de maneira amigável e que a administração atual é aberta ao diálogo.

Ouça a entrevista na íntegra:

 

Hospital São Sebastião

Em contato com a Diretora Administrativa Ildamara Gandra, que falou com exclusividade à nossa equipe de jornalismo, as informações são de paralização apenas no atendimento emergencial da instituição.

Atividades agendadas para o bloco cirúrgico por exemplo estão acontecendo de maneira normal. Setores como pediatria e obstetrícia também não interromperam os trabalhos.

Ildamara fez questão de ressaltar que a administração do HSS acha legítima a manifestação dos profissionais que estão há 3 meses com seus salários atrasados de fato.

Deixe uma resposta

Top