fbpx
CidadeMeio AmbienteSaúde & Bem Estar

Exercito chega a Viçosa para combater o mosquito da dengue

Mais de trinta militares do Exército chegaram em Viçosa nesta quinta-feira 07, para atuar nos mutirões de combate ao Aedes aegypti, o famoso mosquito da dengue, a partir da próxima semana. A tropa será instruída pela Secretaria Municipal de Saúde antes de iniciar os trabalhos nas ruas do município.

 O reforço do exército conta com o efetivo de 33 soldados do 4º Grupo de Artilharia de Campanha Leve de Juiz de Fora (MG). Segundo o 1º Tenente Fontana, responsável pelo comando da tropa na cidade, os soldados vão atuar junto aos agentes de combate a endemias durante as visitas domiciliares, orientando os moradores, identificando e eliminando possíveis focos do mosquito transmissor.
Até a próxima segunda-feira, os militares vão conhecer a evolução numérica e geográfica da dengue em Viçosa, os equipamentos, a estratégia de combate ao Aedes aegypti, as doenças transmitidas pelo mosquito, além dos procedimentos de abordagem durante as visitas.
Para o Secretário de Saúde José Aparecido, o apoio militar durante visitas aos imóveis terá grande impacto, pois, segundo ele, “uma das dificuldades que os agentes de endemias encontram nas ruas é a resistência dos moradores, que nem sempre permitem o acesso dos profissionais às casas. Creio que a presença dos militares reforça a importância da participação popular”.
Sobre a dinâmica de atuação, o Secretário explicou que a equipe será dividida em duplas, sempre compostas por um agente de endemias e um militar. Ele explicou ainda que o trabalho será direcionado para bairros onde há maior preocupação com o avanço da doença.
NÚMEROS DA DENGUE
Segundo o último balanço da Secretaria Municipal de Saúde, divulgado na segunda-feira (4), Viçosa possui 1235 casos prováveis de dengue. Desse total, 435 casos já foram confirmados e apenas 37 casos foram descartados.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo