fbpx
PolíciaRegião

Morre homem que matou a esposa e o cunhado em Araponga

Morreu hoje Jandir Botelho estava internado autor de dois homicídios entre os dias 17 e 19 de abril deste ano. Jandir estava internado no Hospital São João Batista em Viçosa desde o dia 19 de abril e tentou se enforcar corda amarrada no telhado de sua casa e logo em seguida deu um tiro no próprio ouvido.

Relembre o caso que chocou a pequena cidade de Araponga:

Segundo a policia militar por volta das 15:30hs do último dia 19 de abril, o homem identificado como Jandir Botelho  atirou diversas vezes na cabeça e tórax de sua esposa identificada como Malcione Aparecida Botelho de 22 anos, e logo em seguida deu um tiro no próprio ouvido e tentou se enforcar em uma corda amarrada ao telhado de sua casa.

Malcione Aparecida Botelho tinha 22 anos e foi morta pelo esposo.
Malcione Aparecida Botelho tinha 22 anos e foi morta pelo esposo.

 

 

Os vizinhos chamaram a policia que foi até o local e socorreu a vítima e o autor para o posto de saúde de Araponga. Os médicos vendo a gravidade dos ferimentos encaminham os dois para o Hospital São João Batista  em Viçosa. Tanto a vítima como o autor foram internados em estado gravíssimo no CTI do hospital. A mulher não resistiu aos ferimentos e faleceu às 7 horas da noite terça-feira 19.

 

 

 

 

 

 

Assassinato do Cunhado

Cleisemar José Botelho tinha 34 anos e foi morto pelo cunhado.
Cleisemar José Botelho tinha 34 anos e foi morto pelo cunhado.

 

No domingo dia 17 de abril, na mesma comunidade houve um homicídio de um outro homem identificado como Cleisemar José Botelho de 34 anos, segundo a polícia este homem é irmão da vítima Malcione Aparecida Botelho. Os vizinhos relataram aos policiais que, há cerca de duas semanas Jandir Botelho e Cleisemar haviam tido uma briga feia. Jandir na ocasião disse ao seu cunhado que ele iria pagar pelo que fez.

Cleisimar foi encontrado morto com vários disparos de arma de fogo e segundo as testemunhas seria seu cunhado que o matou. Com medo de ser pego pela pela polícia Jandir Botelho fugiu e permaneceu escondido até a última terça 19.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo