fbpx
Cidade

Prefeitura de Viçosa pede o prédio da escola estadual do Bom Jesus ao Estado

O Prefeito Ângelo Chequer se reuniu na tarde desta segunda-feira 25, com a secretária de Estado de Educação de Minas Gerai Macaé Evaristo em Belo Horizonte para discutir a possibilidade de o Governo de Minas doar as instalações da Escola Estadual Professor Sebastião Lopes de Carvalho, no bairro Bom Jesus, para a Prefeitura de Viçosa.

O edifício, localizado na Rua Manoel Clemente, está desativado devido à falta de alunos para o ano letivo.

Na foto o prefeito de Viçosa a secretária estadual de educação e o deputado Roberto Andrade.
Na foto o prefeito de Viçosa a secretária estadual de educação e o deputado Roberto Andrade.
 Ângelo Chequer informou que sua equipe está elaborando uma análise técnica sobre o uso mais adequado para o lugar e que a população será ouvida antes de tomar a decisão. “A escola está em um dos maiores bairros de Viçosa, com grande densidade populacional. É uma região estratégica para a realização de políticas públicas. Precisamos ouvir a população para conhecer a prioridade que se deve dar ao local. A Prefeitura tem todo o interesse em assumir o imóvel e utilizá-lo de acordo com as necessidades dos moradores do bairro”, disse.
No encontro, o deputado estadual Roberto Andrade do PNT, também esteve presente na reunião e se comprometeu a protocolar um Projeto de Lei, na Assembleia de Minas, que autorizará o governador Fernando Pimentel a repassar a propriedade do colégio para o município.
Após o protocolo, o Projeto de Lei será encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça, onde serão analisadas a constitucionalidade, a juridicidade e a legalidade da proposta. Se aprovada, a municipalização da escola permitirá que a Prefeitura utilize as dependências do local para a criação de um posto de saúde ou mesmo uma creche.
Segundo o deputado, é um desperdício de recursos não aproveitar o espaço para prestar serviços à comunidade no entorno.
A secretária Macaé garantiu apoio à iniciativa, desde que tenha o aval da Superintendência Regional de Ensino de Ponte Nova, à qual pertence Viçosa. Ela disse que analisará a proposta e discutirá a viabilidade da mesma com o governador.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo