fbpx
CidadePolícia

Estelionatário se passa por médico do Hospital São Sebastião de Viçosa e aplica golpe em idoso

Um idoso de 63 anos foi vítima de um estelionatário, na manhã da última quarta-feira 25, em Viçosa. O idoso estava com sua cunhada internada  no CTI Hospital São sebastião e um estelionatário por telefone se passando por médico do hospital fez com que o idoso fizesse vários depósitos em  diferentes contas bancárias.

O idoso contou que recebeu uma ligação de número privado, em que uma voz masculina se identificou como médico do hospital e disse que sua cunhada precisava fazer um tratamento médico porque descobriram que ela estava com suspeita de leucemia. De acordo com o suposto médico, caso ela não começasse logo com o tratamento dentro de dois dias poderia agravar o caso dela e para iniciar o tratamento seria necessário um depósito no valor de R$ 1.500,00.

O estelionatário se passando por médico passou os dados bancários de uma conta que, seria de um laboratório de exames.  A conta fornecida pelo suposto médico é da  Caixa Econômica Federal  de uma agência na cidade de Várzea Grande, no interior do  estado do Mato Grosso. O idoso realizou o depósito no valor de R$1.500,00 na conta fornecida e logo em seguida o suposto médico A vítima realizou o depósito, e posteriormente recebeu uma nova ligação do estelionatário, que disse que seria necessário outro exame e solicitou outro depósito de R$ 1.500,00, desta vez para ser efetuado na conta de uma médica, a conta está localizada em uma agência da Caixa na cidade de Cuiabá, também no Mato Grosso.

Após realizar o segundo depósito o idoso recebeu uma terceira ligação do suposto médico, que pedia mais dinheiro. Dessa vez o idoso deveria depositar mais uma quantia de R$1.500,00 em uma conta da Caixa localizada na cidade de Rondonópolis no interior do Mato Grosso. O idoso desconfiou e entrou em contato com o Hospital São sebastião onde sua cunhada estava internada e foi informado de que nenhum médico daquele hospital estava fazendo as ligações.

O idoso procurou a polícia e denunciou que havia caído em um golpe. A polícia segue investigando o caso.

Para saber um posicionamento do hospital em relação ao caso ligamos diversas vezes para a Assessoria de Comunicação do Hospital São Sebastião, mas, nossas ligações não foram atendidas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo