EMPREENDEDORES VIÇOSENSES AJUDARÃO A DEFINIR POLÍTICAS DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA
21 de outubro de 2016

Na próxima quinta-feira 27, o Centro Tecnológico de Desenvolvimento Regional de Viçosa (Centev) será sede do fórum técnico “Startups em Minas – A construção de uma nova política pública”, promovido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O objetivo do evento é receber propostas da sociedade que subsidiem a elaboração de um marco regulatório para essas empresas no estado.

Startups são companhias em estágio inicial que tenham produtos, processos ou modelo de negócios inovadores e que podem apresentar crescimento grande e rápido. Minas Gerais já demonstrou que tem criatividade e capacidade para criar startups que se revelaram grandes sucessos. A Universidade Federal de Viçosa (UFV), por exemplo, tem dado origem a várias dessas empresas, principalmente no campo das ciências biológicas e agrárias.

No entanto, a percepção geral é a de que abrir e manter um startup no estado é muito difícil e burocrático. Muitas empresas, em busca de melhores condições, saem de Minas Gerais para outros estados, principalmente São Paulo, e até para outros países.

almgRepresentante da startup local Professor Nova Geração, Olavo Gallo Bevilaqua espera que o novo marco legal proposto pelo Projeto de Lei (PL) 3.578/16 contribua para facilitar a formalização desses empreendimentos. “Existe uma grande dificuldade das startups se estabelecerem como pessoas jurídicas, até pelo medo de precisar fechar a empresa caso não dê certo. Trabalhamos em ambiente de extrema incerteza, e ter de arcar com esses custos, além dos impostos a serem pagos e da dificuldade de acesso a investimentos estatais, é bastante pesado”, avalia. O PL 3.578/16 é de autoria dos deputados Antônio Carlos Arantes e Dalmo Ribeiro Silva, ambos do PSDB.

A startup, que existe desde o final de maio, está desenvolvendo uma plataforma online para ajudar os professores a tornar as aulas mais interessantes para os alunos por meio de metodologias ativas de ensino. “Professor e aluno não falam mais a mesma língua. O professor tem de parar de ser só aquele que passa informação. Queremos aproximar o professor dessa nova geração por meio de uma plataforma online que terá cursos gravados”, explica.

Segundo o deputado estadual Roberto Andrade, a vinda do evento para a cidade será importante para fomentar o desenvolvimento das empresas de base tecnológica na microrregião e, por isso, a participação dos empreendedores e cidadãos é fundamental. “Todo cidadão da nossa região pode, e deve, contribuir com ideias para o desenvolvimento do nosso estado. É com sugestões colhidas junto à sociedade que os gestores públicos preparam políticas de fomento ao progresso socioeconômico estadual”, declarou.

O evento é aberto à participação do público. Os interessados devem acessar o site da ALMG para se inscrever no evento.

publicidade

publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade