JOVENS EM VULNERABILIDADE SOCIAL GANHAM OPORTUNIDADE DE TRABALHO EM VIÇOSA
6 de dezembro de 2016

19 jovens e adolescentes que em situação de vulnerabilidade social e que cumprem medidas socioeducativas e liberdade assistida concluíram a 1º fase do Programa Jovem do Futuro da Prefeitura de Viçosa. O programa começou suas atividades no início de 2016 oferecendo capacitação profissional, formação cidadã e oportunidade de emprego.

No início do ano  50 jovens foram selecionados para participar do programa, mas apenas  19 concluíram as atividades e estão aptos para participar da próxima fase do projeto. Todos serão contratados como estagiários ou jovens aprendizes para atuação em órgãos do Executivo, do Legislativo e em empresas privadas. A formatura da primeira turma do programa Jovem do Futuro aconteceu na noite da  última sexta-feira 02, e contou com a participação de pais e amigos dos alunos. Além da presença do prefeito Ângelo Chequer, dos coordenadores do programa, Fabrício Vieira e Fabiana Ribeiro; das instrutoras Sirlei Lisboa e Wanessa Bernardino e  do comandante do Tiro de Guerra, 1º Sargento de Infantaria Domingos Lemes da Silveira.

Para o prefeito Ângelo Chequer, a formatura dessa primeira turma e a dimensão que o projeto está tomando é a realização de um sonho pessoal. "A ideia era criar um programa que promovesse a inserção e a promoção social desses adolescentes, algo semelhante à guarda mirim. O 'Jovem de Futuro' é um programa eficiente, cheio de desafios e tem nos proporcionado um grande aprendizado".

Fabiana Ribeiro e Fabrício Vieira, coordenadores do 'Jovem de Futuro', reforçaram a fala do prefeito no sentido enxergar no programa uma oportunidade de aprendizado e um desafio. "A maior dificuldade que encontramos na primeira etapa foi garantir a permanência dos adolescentes dentro do projeto e isso ficou demostrado na diferença entre a quantidade de jovens que entrou e a que definitivamente formou. No ano que vem, nossa meta é aperfeiçoar o programa para torná-lo mais atrativo e evitar a evasão", assegurou Ribeiro.

Durante 1 ano, os jovens de futuro frequentaram o curso de auxiliar administrativo e atividades educativas voltadas a questões comportamentais, trabalho coletivo e ética. No ano que vem serão formadas duas novas turmas para o curso de vendas. Serão 25 vagas por semestre a serem preenchidas por jovens em vulnerabilidade social, que cumprem medidas socioeducativas e que se encontram em regime de liberdade assistida. As inscrições para a próxima turma vão começar no dia 17 de dezembro e as aulas começam no dia 16 de janeiro.

publicidade

publicidade

publicidade