APENAS CRIANÇAS COM IDADE ENTRE 0,9 E 4 ANOS SERÃO VACINADAS CONTRA FEBRE AMARELA EM VIÇOSA
18 de janeiro de 2017

Por meio da Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Viçosa a Secretaria Municipal de Saúde  informa que Viçosa não receberá mais doses da vacina de febre amarela para vacinação em massa da população. Portanto, a partir desta quarta-feira 18, a Policlínica dispõe apenas de doses necessárias para vacinação de rotina, ou seja, crianças aos 9 meses e aos 4 anos de idade.

De acordo com a nota da Assessoria de Comunicação na última semana, o setor de imunizações buscou atender todas as pessoas que procuraram pela vacina na Policlínica que tinham justificativa para receber a dose. Foram vacinadas aproximadamente 700 pessoas.

Já o  Chefe do Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Viçosa José  Arimateias Silveira Marques afirma que devido a esse surto inesperado da febre amarela  a Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais não estava preparada para fornecer doses da vacina para todas as cidades do estado. Ele afirma ainda que a Fiocruz está produzindo mais doses da vacina e essas novas doses estão sendo encaminhadas para as cidades onde há surto da febre amarela.

Perguntando em que dia novas doses da vacina serão enviadas para Viçosa para imunização de jovens e adultos Arimateias afirma, que possivelmente na quinta-feira 25 de janeiro novas doses devem ser enviadas para Viçosa.

Arimateias alerta que muitas pessoas já receberam as duas doses da vacina contra febre amarela, mas essas pessoas ficam na duvida e procuram os postos de saúde para receberem a dose da vacina. Ele pede que as pessoas antes de procurarem os postos de saúde devem primeiro procurar o seu cartão de vacina e verificar se já foi vacinado contra a febre amarela. Arimateias afirma que esse simples ato irá ajudar muito as equipes de vacinação e também evita grandes filas nas portas dos postos de saúde.

Mas a Secretaria Municipal de Saúde de Viçosa afirma que não há previsão de envio de novas doses da vacina. "Não há previsão para o envio de mais doses, uma vez que Viçosa não possui casos da doença e não integra a área de risco identificada pela Secretaria de Estado de Saúde, que está priorizando o envio das doses aos Municípios dos vales do Jequitinhonha e Mucuri." informa a nota.

Ouça a entrevista do Chefe do Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Viçosa José  Arimateias Silveira Marques à Rádio Montanhesa Viçosa.

publicidade

publicidade

publicidade