USO DOS CARROS DA PREFEITURA E CUMPRIMENTO DA CARGA HORÁRIA SÃO TEMAS DA REUNIÃO DOS NOVOS SECRETÁRIOS DA PMV
24 de janeiro de 2017

Na última sexta-feira 20, os secretários municipais da Prefeitura de Viçosa se reuniram pela segunda vez no ano para traçar planos e metas para um bom funcionamento de todos os setores da Prefeitura. No segundo encontros das autoridades municipais “economizar” e cumprimento da carga horária de trabalho foram as principais pautas discutidas.

O primeiro assunto abordado na reunião foi a necessidade de aprimoramento da gestão de projetos e contratos do Município. O Superintendente de Gestão Pública e Governança Luciano Piovesan, representando o Prefeito, fez um alerta aos Secretários no sentido de acompanhar os prazos de vencimento dos contratos.

“Neste ano a Prefeitura não fará nenhum contrato retroativo e isso exigirá comprometimento, planejamento e atenção”, enfatizou Piovesan, que anunciou ainda a criação de um departamento exclusivo para fazer a gestão de todos os contratos da Prefeitura dentro da Superintendência. O chefe do Departamento de Gestão de Projetos e Contratos, Leonardo Paiva, foi apresentado aos Secretários.

Os Secretários também trocaram experiências sobre o dia-a-dia em suas repartições e a repercussão do ofício circular sobre o cumprimento de carga horária após três semanas de vigência da determinação do Prefeito. Segundo Piovesan, a medida recebeu aprovação da população, que percebeu melhoria na qualidade do atendimento e na prestação dos serviços.

Disse ainda que a medida não tem encontrado resistência dentro da Prefeitura, mas salientou que o gabinete ainda tem recebido denúncias pontuais sobre o não cumprimento da Lei por parte de alguns funcionários e a orientação aos Secretários é o corte do ponto do servidor que agir desta maneira, seja ele concursado, contratado ou comissionado.

Outros secretários também falaram sobre o processo de adaptação. Para Semíramis, da Saúde, a grande diversidade de legislações que tratam do assunto dificulta a fiscalização. Paulo Roberto Cabral afirmou que na pasta da Cultura o desafio é a gestão de pessoas em épocas de eventos, quando há trabalho durante a noite e finais de semana. Na Fazenda, José Geraldo Santana disse que está implantando um sistema de ordem de serviço para aprimorar o atendimento, principalmente nos setores de fiscalização.

Já o recém nomeado para a pasta da Administração, Cézar Ricardo, afirmou que existe, da parte de alguns funcionários, a percepção de que não há necessidade de cumprir ordens de chefes que ocupam cargos passageiros. Para ele, é justamente por saber disso que os servidores deveriam ter responsabilidade, pois eles permanecem na administração mesmo após a troca dos chefes.

Luís Eduardo Salgado, da Assistência Social, aproveitou a oportunidade para discutir com Procurador como conciliar o horário de funcionamento e os direitos dos servidores em setores que atendem ao público e tem demanda durante o horário de almoço. Marcelo Maranhão sugeriu a implantação de uma escala de almoço que não deixe o setor desguarnecido. Outras pastas, como a Procuradoria, IPLAM, Obras e Agropecuária tem feito isso.

Outra pauta amplamente discutida foi o uso de veículos oficiais. O Superintendente de Gestão Pública e Governança, ao qual está vinculado o Departamento de Gestão de Frotas, afirmou que a frota é grande, porém, a quantidade de motoristas é limitada. “A garagem não tem condição de atender a todas as Secretarias sem que haja planejamento”, ressaltou Piovesan.

Ele explicou que a frota é 100% rastreada e monitorada via satélite e que o acesso ao sistema será disponibilizado aos Secretários para que a gestão dos veículos seja feita nas próprias Secretarias. Luciano solicitou às Secretarias que indiquem um funcionário que passará por capacitação para gerir o sistema.

Participaram da reunião os Secretários de Administração, Cezar Ricardo; Agropecuária, Marcos Roberto Fialho; Assistência Social, Luís Eduardo Salgado; Cultura, Paulo Roberto Cabral; Desenvolvimento, Ivone Pires Barros; Educação, Miriam Rocha; Finanças, Eloísa Helena Duarte; Fazenda, José Geraldo Santana; Obras, Moisés Mendonça; Saúde, Semíramis Della Lucia; além do Diretor do IPLAM, Romeu da Paixão; da Controladora Geral, Sônia Mesquita; do Procurador Geral; Marcelo Maranhão e do Superintendente de Gestão Pública e Governança, Luciano Piovesan Leme.

publicidade

publicidade

publicidade