QUARENTA ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS FORAM ASSALTADOS NA ZONA RURAL DE VIÇOSA
24 de fevereiro de 2017

*Imagem de arquivo do assalto aos estudantes no ano de 2016. Foto: Portal Viçosa Urgente

Quarenta estudantes da cidade de Presidente Bernardes, que vem à Viçosa de segunda a sexta-feira para estudarem nas faculdades particulares no período da noite foram vítimas de quatro criminosos, que cercaram o ônibus em que os estudantes estavam e anunciaram o assalto.

Segundo a Polícia Militar de Viçosa era por volta das 22h30 desta quinta-feira 23, e os estudantes retornavam para Presidente Bernardes, quando o ônibus entrou em uma estrada de terra na comunidade do Seriquite zona rural de Viçosa localizada às margens da MGC 482, próximo a Porto Firme.

Por se tratar de uma estrada de terra o motorista do ônibus teve que reduzir a velocidade e nesse momento quatro homens em duas motos encostou-se ao ônibus e ordenaram que o motorista parrasse.

Ainda segundo a PM dois homens ficaram dando cobertura do lado de fora e os outros dois entraram no ônibus e roubaram todos os pertences de valor dos estudantes, como celulares, relógios e pulseiras.

Logo em seguida os quatro bandidos fugiram e os estudantes não souberam informar em que direção eles foram.

O motorista resolveu seguir viagem para Presidente Bernardes, onde na madrugada desta sexta-feira 24, registraram um boletim de ocorrências na PM. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Procurada a Polícia Militar de Viçosa não informou se faz rondas nas estradas rurais da cidade, principalmente naquelas usadas como rota pelos estudantes que vem de outras cidades para estudarem.
Em menos de um ano essa é a segunda vez que estudantes são assaltados na zona rural de Viçosa. Na noite do dia 23 de agosto de 2016 um ônibus com estudantes da cidade de Porto Firme foi alvo de criminosos na comunidade rural do Alto do Leite.
Segundo relatos dos estudantes bandidos armados atiraram contra o pneu do ônibus e obrigaram o motorista a parar o veículo.
Dentro do ônibus os assaltantes roubaram diversos celulares e outros pertences dos estudantes. O crime foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Viçosa.

publicidade