JEJUM PARA EXAMES DE SANGUE PODE ACABAR
3 de março de 2017

Sabe aquele jejum prolongado antes de fazer o exame de sangue? Isso pode acabar. Uma decisão de sociedades médicas brasileiras quer flexibilizar o período de jejum de acordo com a necessidade de cada exame.

A partir de agora, a exigência do período de 12 horas sem ingestão de qualquer tipo de alimento pode ser dispensada para exames que medem o colesterol, por exemplo.

De acordo com as novas regras, a obrigatoriedade do jejum deverá ser avaliada pelo médico que acompanha o paciente em casos específicos. Quando o médico indicar o tempo específico de jejum para o exame, o laboratório deverá seguir a recomendação.

A nova medida pode evitar que um paciente diabético, tenha uma hipoglicemia por causa do jejum prolongado, por exemplo. Além de mais comodidade para o paciente, outro benefício é disponibilizar mais opções de horários para a realização do exame.

Essa prática já acontece nos Estados Unidos, no Canadá e em alguns países da Europa. O objetivo é que seja gradualmente aceita pelos laboratórios do Brasil.

publicidade

publicidade

publicidade