FAMÍLIA DE JOVEM VÍTIMA DE BALA PERDIDA EM VIÇOSA ORGANIZA MANIFESTO POR JUSTIÇA
6 de março de 2018

Uma manifestação pacífica está sendo organizada para a tarde de hoje(6), às 15h, com saída em frente a igreja Assembléia de Deus na rua da Conceição. A iniciativa é dos familiares da jovem Hortência Sudário da Silva, assassinada há cerca de um mês em Viçosa, vítima de disparos de arma de fogo quando estava em um salão de beleza no bairro Santo Antônio.

Alessandra Paula Duarte, prima da jovem, está à frente dos preparativos. De acordo com ela, o ato é uma maneira de pedir que as autoridades da cidade não deixem impunes os verdadeiros responsáveis pela morte da inocente Hortência. Ainda segundo Alessandra, homenagens à Hortência e pedidos de justiça através de cartazes e carros de som serão feitos durante todo o trajeto da manifestação.

A família ainda bastante consternada com o caso, convida toda a população de Viçosa a participarem juntos deste ato. O trajeto que tem início na rua da Conceição deverá passar pelos principais órgãos públicos e se encerrar na praça Silviano Brandão.

 

 

Entenda o caso

Uma jovem de 25 anos morreu durante um tiroteio ocorrido na tarde de domingo 04/02, no bairro Santo Antônio.

Hortência Sudário da Silva estava em um salão de cabeleireiro quando foi atingida por dois disparos, ela foi socorrida e encaminhada ao hospital onde não resistiu aos ferimentos e faleceu.

O alvo dos atiradores era um ex-detento que estava passando pela rua João Batista da Costa. Ele foi surpreendido pelos homens armados e se escondeu no banheiro do salão. Os assassinos entraram atirando e atingiram a jovem Hortência. No local foi recolhido 12 capsulas de pistola nove milímetros.

A Polícia Civil de Viçosa com apoio de policiais do quarto departamento de Juiz de Fora, capturou na semana seguinte, dois homens suspeitos pela morte da jovem. Eles seguem detidos.

publicidade

publicidade

publicidade