Saúde & Bem Estar

VISCONDE DO RIO BRANCO CONFIRMA PRIMEIRA MORTE POR INFLUENZA A H1N1 EM 2018

A Prefeitura de Visconde do Rio Branco divulgou na última sexta-feira (22) o primeiro caso de morte por Influenza A (H1N1) na cidade. A vítima foi um jovem de 27 anos que estava internado no Hospital São João Batista (HSJB) desde o dia 18 de junho.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) ao Setor de Vigilância em Saúde da cidade. O material foi coletado no dia da internação e encaminhado para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte.

Esse é o segundo caso de morte em decorrência da Síndrome Respiratória Aguda Grave na cidade (Srag). O outro caso foi de um paciente que teve o óbito confirmado por Influenza B- a morte já havia sido divulgada no último Boletim epidemiológico da SES-MG.

De acordo com a coordenadora do Setor de Vigilância em Saúde de Visconde do Rio Branco, Maraísa de Almeida, assim que a equipe médica suspeitou da doença, foi ministrado o medicamento indicado para quadros de Síndrome Respiratória Aguda Grave.

“Recebemos a orientação da Gerência Regional de Saúde de Ubá para proteger a família que convivia com o jovem e todos foram vacinados e medicados antes dele vir a óbito. Tivemos uma reunião com os médicos dos PSFs [Postos de Saúde da Família], que orientaram sobre o acolhimento de pessoas com sintomas de Influenza A, reforçando a prevenção”, comentou.

Um levantamento do Setor de Imunização de Visconde do Rio Branco informou que, até o dia 15 de junho, 97% do público prioritário já havia sido imunizado na cidade. A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, que foi prorrogada pelo Ministério da Saúde, se encerrou nesta sexta-feira.

Mortes por Influenza na região

Com a confirmação da morte em Visconde do Rio Branco, sobe para nove o número de óbitos por Síndrome Respiratória Aguda Grave provocada pelo vírus Influenza nas cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes.

No dia 11 de junho, Prefeitura de Barbacena também divulgou a confirmação da primeira morte por Síndrome Respiratória Aguda Grave provocada pelo vírus Influenza A (H1N1).

No último Boletim Epidemiológico sobre a Influenza foi divulgado pela SES-MG, estes dois casos ainda não constam, embora tenham sido confirmados pelas Secretarias Municipais de Saúde das respectivas cidades.

A doença é dividida em tipos, subtipos e linhagens e todas as variações correspondem a diferenças encontradas no material genético.

Confira os casos registrados na região até o último boletim da SES-MG:

Mortes por Influenza confirmadas na região

Cidade Influenza A – Sem subtipo Influenza B
Cataguases 2
Ubá 1
Leopoldina 3
Visconde do Rio Branco 1

Fonte: SES-MG

 

Casos de Influenza registrados na região

Cidade Influenza A – Subtipo H3 Influenza A – Sem subtipo Influenza B
Juiz de Fora 1 1 1
Laranjal 1
Ubá 1
Visconde do Rio Branco 1 1
Cataguases 4 1
Leopoldina 5
Muriaé 1

 

Sintomas

Os sintomas das Influenzas A e B são febre alta e súbita, tosse, dor de garganta, dor no corpo, dor nas articulações e dor de cabeça. No caso do H1N1, subtipo da Influenza A, um sintoma que chama a atenção é a falta de ar e o cansaço excessivo.

É importante distinguir a gripe do resfriado comum, que é muito mais leve, com sintomas menos graves como coriza, mal estar, dor de cabeça e febre baixa.

Prevenção

Os cuidados para evitar o contágio da gripe H1N1 seguem as mesmas regras da prevenção de qualquer tipo de gripe, que incluem:

  • evitar manter contato muito próximo com uma pessoa que esteja infectada;
  • lavar sempre as mãos com água e sabão e evitar levar as mãos ao rosto e, principalmente, à boca;
  • sempre que possível, ter um frasco com álcool-gel para garantir que as mãos sempre estejam esterilizadas;
  • manter hábitos saudáveis, alimentar-se bem e beber bastante água;
  • não compartilhar utensílios de uso pessoal, como toalhas, copos, talheres e travesseiros;
  • caso haja indicação, utilizar uma máscara para proteger-se de gotículas infectadas que possam estar no ar;
  • evitar frequentar locais fechados ou com muitas pessoas.
Fonte: G1 Zona da Mata

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido! © Copyright Primeiro a Saber.
Fechar