Policia

CARRO DE VIÇOSA É CLONADO EM DIVINÓPOLIS

A Polícia Militar de Divinópolis recebeu a denúncia anônima de que um homem estaria em um veículo Siena portando uma arma. Ao identificar o suspeito a polícia o abordou e encontrou com ele uma pistola 9 mm. ao chegar em sua residência encontrou na garagem um Crossfox branco com placa de Viçosa. Ao verificar o sistema e entrar em contato com o dono do Crossfox, ele disse que seu carro estaria com ele.

Após investigações a polícia constatou que o veículo encontrado em Divinópolis seria uma clonagem do carro verdadeiro que estaria em Viçosa. Segundo o suspeito, ele havia comprado o carro em Belo Horizonte no valor de R$ 26.000, mas não sabia que o veículo era clonado. O suspeito já era conhecido da Polícia Militar em algumas apreensões de roubo, formação de quadrilha e outros crimes.

O veículo foi encaminhado ao pátio para descobrir a origem do automóvel e devolvê-lo ao proprietário.

O Detran informou que ano passado foram abertos 203 processos decorrentes de suspeitas de clonagem, onde apenas 37 carros foram liberados para a troca de placas. Isso porque os proprietários apresentaram provas suficientes para obter a mudança. Este ano, 25 casos foram protocolados. Mas nenhum com documentação que comprove a veracidade.

Caso chegue em sua residência, multas através de dispositivos eletrônicos, dirija-se primeiramente a delegacia de polícia mais próxima, para a abertura do Boletim de Ocorrência. Com esse documento em mãos, procure a corregedoria do Detran para abertura do processo de investigação.

De acordo com o Artigo 115, do Código de Trânsito Brasileiro, Lei nº 9.503/97, o proprietário do veículo ou representante legal deverá protocolar requerimento, na unidade de trânsito do registro do veículo, apresentar todos os argumentos e documentos a serem considerados, bem como, informações quanto às circunstâncias que o levaram a detectar a existência do veículo, em especial, como cópias reprográficas dos documentos de Identidade e CPF. Cópias reprográficas do Certificado de Registro do Veículo e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (frente/verso). Cópias de fotografias, nos casos de infrações detectadas por instrumentos fotográficos ou aparelhos eletrônicos. Fotografias do veículo do requerente, de ângulos e pontos diversos, de forma a possibilitar visão de suas partes e identificação, para confronto com os demais documentos ofertados. Provas de interposições dos recursos administrativos contra as multas questionadas perante ao JARI ou Cetran acompanhadas dos eventuais resultados que demonstrem o prévio reconhecimento quanto à existência do veículo.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido! © Copyright Primeiro a Saber.
Fechar