Política

SECRETÁRIO DENUNCIA FUNCIONÁRIOS FANTASMAS NO ESTADO; GOVERNO NEGA

O secretário de Estado de Esportes de Minas, Ricardo Sapi, vai comunicar o governador Fernando Pimentel, ainda nesta quinta-feira, que deixará o cargo. Entre as justificativas estão as dificuldades em caixa vividas pelo governo, a inadimplência da pasta com fornecedores e a “falta de vontade política”, na avaliação dele, com os assuntos do Esporte.

Ele também criticou indicações políticas feitas para cargos na secretaria de Esportes do Estado, que estariam sendo alvo, inclusive, de investigações por parte do Ministério Público.

Ricardo Sapi, que é filiado ao PRB, assumiu a secretaria em março deste ano e garantiu ter mantido todos os funcionários de cargos técnicos nos postos, mas que indicações feitas pela Secretaria de Governo seriam alvo de investigações para saber se são fantasmas.

O secretário classificou Fernando Pimentel como um “bom homem” e disse não acreditar que ele saiba da situação, mas destacou que assessores do governador sabem do cenário. Ricardo Sapi informou ainda que não vai conversar pessoalmente com Pimentel e que o anúncio da saída da Secretaria de Esportes será feito por meio de uma carta.

Resposta

Em nota, a Secretaria de Governo afirmou que até o fim dessa quarta-feira (22) não havia sido informada do pedido de exoneração do secretário.

Sobre a situação das nomeações dos funcionários, a secretaria informou que as nomeações, exonerações e controle de ponto dos servidores cabem exclusivamente a cada pasta e seu gestor.

Sobre a informação da existência de “funcionários fantasmas”, a SEGOV disse que foi informada pelo secretário de Esporte sobre a existência de representação protocolada a esse respeito no Ministério Público no dia 3 de julho, que a investigação seria em relação ao não cumprimento de carga horária de assessores ligados a Sapi e que a Controladoria Geral do Estado instaurou procedimento disciplinar para apurar as denúncias.

 

Fonte: Rádio Itatiaia.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar