Cultura

CONHEÇA OS MUSEUS E ESPAÇOS DE CIÊNCIA DE VIÇOSA

Para além de seu papel público, de armazenar e exibir parcela importante da memória do país, o Museu Nacional no Rio se converteu nos últimos decênios em um dos centros mais relevantes da pesquisa nacional.

Ao consumir parte significativa do acervo de 20 milhões de peças da instituição, o incêndio que começou na noite de domingo (2) e persistiu por seis horas arrasou também décadas de trabalho da maioria de seus professores e afetou de forma irremediável a pesquisa de centenas de alunos de pós-graduação, com impactos na ciência brasileira e internacional.

Em Viçosa, temos diversos museus. É importante conhecer e valorizar esses espaços.

Conheça a Semec (Secretaria de Museus e Espaços de Ciência da UFV):

Parque Interativo de Botânica (PIB)

Vila Giannetti, casa 54 | (31) 3899-3219 | [email protected]

O Parque Interativo de Botânica (PIB), está vinculado a Unidade de Pesquisa e Conservação de Bromeliaceae (UPCB), que é um centro de estudos que tem como missão primordial promover a pesquisa científica em favor da conservação da família Bromeliaceae e dos ecossistemas onde vivem. Foi inaugurada em 9 de junho de 2003 e reúne pesquisadores associados integrantes de diversas instituições brasileiras e estrangeiras, abrangendo as mais diferentes áreas da ciência.

Além de desenvolver pesquisas, a UPCB promove também atividades de extensão e de educação ambiental. Ocupa um espaço aproximado de 1.200 m², onde estão instalados uma coleção de bromélias vivas, um jardim temático e um setor de propagação. No jardim temático estão representados seis ecossistemas brasileiros e suas bromélias: Mata Atlântica, Campos de Altitude, Restinga, Campos Rupestres, Cerrado e Caatinga.

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 09h-11h30 e 14h30-17h30 e sábado 08h-12h

 

Casa Arthur Bernardes (CAB)

Praça Silviano Brandão, nº 69 – Centro | (31) 3899-2862 | [email protected]

A Casa Arthur Bernardes era a residência do cidadão viçosense, ex-presidente da República (1922-1926) e criador da Escola Superior de Agricultura e Veterinária ( ESAV ) , hoje a Universidade Federal de Viçosa, Dr. Arthur da Silva Bernardes. Ela foi ocupada por curtos períodos de tempo pelo ex-presidente, como nas férias, quando Arthur Bernardes trazia a família para descansar e revia os amigos concidadãos. Com a finalidade de reunir peças e documentos que estejam relacionados com a trajetória de Arthur Bernardes, o acervo original foi constituído a partir de compras efetuadas pela UFV e de doações da comunidade viçosense e familiares do ex-presidente.

Horário de atendimento: Terça a sexta-feira 09h-12h e 14h-18h

 

 

Museu de Zoologia João Moojen (MZUFV)

Vila Giannetti, casa 32 | (31) 3899-2586 | [email protected]

O Museu de Zoologia João Moojen (MZUFV) é um espaço destinado à pesquisa, ensino e extensão. Foi fundado em 1933, a partir de uma coleção de diferentes animais da fauna brasileira do então professor João Moojen. Nele se encontra uma ampla coleção zoológica, desde invertebrados até vertebrados, proporcionando um dos mais significativos acervos zoológicos da Mata Atlântica de Minas Gerais (sua coleção atinge mais de 22.000 exemplares, entre répteis, anfíbios, aves, mamíferos e fósseis). Parte de seu acervo está exposto ao público para visitação, onde pode-se observar vários animais, fixados e taxidermizados, da fauna brasileira.

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 08h-12h e 14h-18h

 

 

Museu de Ciências da Terra Alexis Dorofeef (MCTAD)

Vila Giannetti, casa 31 | (31) 3899-2662 | [email protected]

O Museu de Ciências da Terra Alexis Dorofeef (MCTAD) é um espaço de descobertas e de aprendizagem acerca do que existe e acontece em nosso planeta. O MCTAD atende às comunidades de Viçosa e da região através de visitas guiadas, eventos e projetos. Entre as suas ações destacam-se aquelas voltados às escolas de Educação Básica, que incluem oficinas temáticas e capacitação de professores, exposições itinerantes e a formação profissional e cidadã de sua equipe. O movimento Conhecer e Gostar de Solos busca resgatar e re-significar o tema Solos junto à população. O Museu também desenvolve e produz kits e materiais didáticos para apoio às suas atividades e às escolas parceiras, assim como para o atendimento a demandas externas.

                                                                       Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 08h-12h e 14h-18h e sábado 08h-12h

Museu Histórico e Pinacoteca da UFV

Av. PH Rolfs, s/n (ao lado da Caixa Econômica Federal – UFV) | (31) 3899-2498 | [email protected] | [email protected]

 

O Museu Histórico da UFV foi criado em 26 de agosto de 1986 com a finalidade de estudar fontes históricas, coletar, guardar, classificar e expor objetos referentes à memória institucional e divulgação do patrimônio. Possui acervo constituído por mobiliário original, peças de laboratório e outros materiais utilizados em diversos cursos no início da trajetória da UFV.

A Pinacoteca foi criada em fevereiro de 1973 como um espaço para a realização de exposições e incentivo ao lazer cultural e a expressão artística. São expostos trabalhos de artistas conhecidos e também de iniciantes.

Estão localizados na antiga casa de hóspedes da Universidade, construída em 1926, para ser a residência do então vice-diretor João Carlos Bello Lisbôa.

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 08h-11h45 e 14h-17h45

 

 

Museu da Comunicação (MUC)

Vila Giannetti, casa 39 | (31) 3899-2093 | [email protected]com

O Museu da Comunicação é um centro de visitas, aberto à comunidade de Viçosa e região. É também um espaço-escola, propício às produções experimentais e multidisciplinares de alunos e professores da UFV. Objetos-relíquias, tecnologias, discursos, imagens, reportagens, grupos de estudo, acontecimentos, mostras, documentos, palestras, exposições, pensamentos, dialéticas, trocas e oficinas sempre estarão por aqui.

O Museu da Comunicação é um espaço de memória, experimentação e contemporaneidade, que incorpora tecnologias e tendências museográficas para contar a aventura da comunicação humana.

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 09h-12h e 15h-18h

 

 

Horto Botânico

Av. Purdue, s/n | (31) 3899-2651 | [email protected]

O Horto Botânico da UFV foi criado por Otávio Drummond, em 1938, na antiga ESAV e apresenta uma coleção de plantas vivas, nativas e introduzidas com fins didáticos, de pesquisa e extensão. Possui uma área de 9.556 metros quadrados, cobertos por espécies remanescentes de um fragmento de Floresta Atlântica enriquecido por espécies exóticas, apresentando diversidade botânica e oferecendo a oportunidade de abordar diversos assuntos relacionados à biodiversidade, à interação da flora e fauna e ao uso das plantas. Conta com duas casas de vegetação, um orquidário e cerca de 1 hectare de canteiros, onde estão cultivadas as plantas. No espaço é oferecida uma caminhada, onde são realizadas dinâmicas, oficinas e atividades recreativas, de acordo com a faixa etária dos visitantes.

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 08h-12h e 14h-17h

 

Herbário VIC

Av. Purdue, s/n | (31) 3899-2523 | [email protected]

O Herbário é uma coleção científica de plantas desidratadas,  etiquetadas, catalogadas e identificadas cientificamente,  para fins de ensino, extensão e pesquisa. O Herbário da UFV  foi fundado em 1930, na então ESAV sob a direção do Prof. Humberto Bruno, com a participação da botânica mexico-americana Ynes Mexia e está registrado no Index Herbariorum sob a sigla VIC. Seu acervo está constituído por cerca de 51.000 exemplares e 120 coleções de tipos, de diversos grupos de fungos e plantas, oriundos de diversos ecossistemas do estado de Minas Gerais. É o terceiro acervo de Minas Gerais, em número de espécimes, mas apresenta importância impar devido ao seu valor histórico e científico. O Herbário VIC oferece subsídio ao ensino, pesquisa e extensão, através da identificação de espécimes vegetais; visitas didáticas e científicas; documentação do material botânico empregado em pesquisas; fonte de informações sobre a ocorrência e distribuição geográfica das espécies; e fonte de material e documentação de pesquisas realizadas em diversas áreas.

                                                                       Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 08h-12h e 14h-17h

 

Mata da Biologia

Recanto das Cigarras – UFV | (31) 3899-4325 / 4326 | [email protected]

A Mata da Biologia é uma área protegida localizada dentro do campus da UFV, conhecida também como Recanto das Cigarras. Trata-se de um fragmento de Mata Atlântica, rico em biodiversidade, que se encontra em processo de regeneração natural. Possui trilhas nas quais podem ser desenvolvidas atividades interpretativas de diferentes temáticas como ecologia, plantas,

animais, fungos entre outros. A visita ao espaço é guiada pelos Trilheiros do Sauá, que é um grupo de estudantes e professores da UFV que se dedica a realizar atividades educativas e de interpretação ambiental na Mata da Biologia.

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 08h-12h e 14h-16h

 

Mata do Paraíso

Rodovia Viçosa-Paula Cândido (MG 280, KM6) | (31) 3899-3390 | [email protected]

A Mata do Paraíso é um dos maiores fragmentos florestais remanescentes da região de Viçosa e apresenta vários atrativos para visitantes de todas as idades. Este fragmento apresenta alta biodiversidade , além de abrigar várias espécies ameaçadas de extinção, o que torna ainda mais imprescindível a conservação deste refúgio da vida silvestre.

GEIA-MATA (Grupo de Educação e Interpretação Ambiental da Mata do Paraíso) é o grupo responsável por receber os visitantes na Mata e é formado por estudantes da UFV, que desenvolvem ações de educação e interpretação ambiental.

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 08h-12h e 14h-17h

 

Sala Mendeleev

Prédio das Licenciaturas, 2º andar | (31) 3899-4272 | [email protected] 

 

A Sala Mendeleev apresenta uma exposição permanente e interativa sobre a Tabela Periódica dos elementos. A visita guiada inclui a exposição de amostras reais de substâncias elementares e compostos representativos de todos os elementos químicos estáveis em uma Tabela Periódica gigante, com três metros de comprimento e dois de altura.

Estão expostos, ainda, espécies minerais e aplicações dos elementos em materiais do cotidiano. Além disso, os visitantes têm a oportunidade de manipular amostras e realizar experimentos interessantes e divertidos. Audiovisuais relacionando os elementos e diversas outras ciências ou temas do cotidiano também estão disponíveis.

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira 08h-12h

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar