Cidade

PREFEITURA DE VIÇOSA ENVIA PLANO DE MOBILIDADE URBANA À CÂMARA LEGISLATIVA

Nesta terça-feira (4), o prefeito Ângelo Chequer assinou o Projeto de Lei que institui o Plano de Mobilidade Urbana. O projeto será encaminhado para aprovação na Câmara Legislativa e caso aprovado, entrará em vigor ainda este ano.

Na cerimônia, o prefeito falou sobre a necessidade de um planejamento para que a cidade cresça de maneira organizada e acessível e destacou que o projeto em questão foi elaborado e discutido coletivamente, de maneira a buscar o benefício da sociedade em geral.

O superintendente de Gestão Pública e Governança, Luciano Piovesan Leme, ressaltou a participação das diversas secretarias da Prefeitura e da população de Viçosa na busca por um projeto que se adequasse a realidade da cidade e atendesse as demandas apresentadas.

A diretora do Instituto de Planejamento e Meio Ambiente do Município (IPLAM), Gerusa Ribeiro, parabenizou a gestão por assumir e priorizar um plano de mobilidade com foco na acessibilidade e nos pedestres. A diretora também comentou sobre a importância de se implementar um plano que foi cuidadosamente elaborado, baseado em diagnósticos que partiram de vários estudos feitos de forma participativa.

O Plano de Mobilidade Urbana de Viçosa (PlanMob-Viçosa) foi elaborado por uma comissão liderada por profissionais do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Viçosa (UFV), com acompanhamento do IPLAM, e atende ao previsto na Política Nacional de Mobilidade Urbana e no Estatuto da Pessoa com Deficiência.

O PlanMob-Viçosa trata de pontos como tráfego, calçamento, adaptação de vias para deficientes, pontos de ônibus e táxis, construção de vias alternativas, entre outros detalhes.

Também estiveram presentes na cerimônia de assinatura, o chefe do Departamento de Tráfego, Pedro Henrique Pinheiro; a chefe do Departamento de Educação no Trânsito, Juliana Ladeira; os vereadores Arlindo Carneiro (Montanha); Geraldo Luís Andrade (Geraldão); Brenda Santunioni; e Paulo Sérgio (Toti), além de representantes da Associação de Portadores de Necessidades Especiais (APONE).

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido! © Copyright Primeiro a Saber.
Fechar