fbpx
Política

CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL É ALVO DE FAKE NEWS

O candidato a Deputado Estadual Roberto Andrade (PSB) pediu à Polícia Federal e ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), na tarde deste domingo, dia 23, uma investigação sobre a propagação de notícias falsas, nomeadas como “fake news”, que tentam prejudicar a sua candidatura, através do aplicativo de mensagens WhatsApp.

Fake News são informações noticiosas que não representam a realidade, mas que são compartilhadas na internet como se fossem verídicas, principalmente através das redes sociais.

Normalmente, o objetivo de uma fake news é criar uma polêmica em torno de uma situação ou pessoa, contribuindo para o denegrimento da sua imagem. Por ter um teor extremamente dramático, apelativo e polêmico, as fake news costumam atrair muita atenção das massas, principalmente quando estas estão desprovidas de senso crítico.

Assim, os conteúdos falsos podem agir como uma “arma” ilegal contra algo. No âmbito político, por exemplo, as notícias falsas são usadas com o intuito de “manchar” a reputação de determinado candidato, fazendo com que perca potenciais eleitores.

A notícia falsa afirma que a candidatura do deputado à reeleição teria sido negada pela Justiça Eleitoral e tinha como intuito desmobilizar sua rede de apoiadores e confundir os eleitores, o que não é verdade. A candidatura do deputado, conforme pode ser visto no site do TSE, está aprovada.

http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/…

Os autores das fake News compartilham que a coligação partidária que dava sustentação à campanha de Roberto Andrade teria negado a sua candidatura, prejudicando o deputado.

O objetivo da denúncia é apurar quem está por trás da denúncia falsa, quem a criou e se a pessoa que está por trás disso está recebendo algum tipo de financiamento.

O Deputado Roberto Andrade afirma que confia na Polícia Federal e na Justiça Eleitoral para esclarecer a denúncia e punir os seus autores, com a urgência que o fato requer, em defesa da seriedade das eleições.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo