fbpx
Minas Gerais

BARRAGEM DA VALE SE ROMPE EM BRUMADINHO

Uma barragem da Vale rompeu no início da tarde desta sexta-feira na comunidade Córrego do Feijão, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Não há informações de vítimas.

O Corpo de Bombeiros informou que pessoas estavam no refeitório, escritório e oficinas da Vale no momento do ocorrido.

A Defesa Civil de Brumadinho pediu que moradores da parte mais baixa da cidade deixem suas casas e procurem um local seguro. Isso envolve os bairros Canto do Rio, Pires, Amianto, São Torrado, Alberto Flores e Parque da Cachoeira. Conforme o órgão, a tendência é a lama seguir para o Rio Paraopeba. É preciso evitar regiões próximas ao leito do rio. O Instituto Inhotim foi evacuado devido ao risco de inundação.

O prefeito de Brumadinho, Neném da Asa (PV), determinou que todas as equipes do programa Saúde da Família fechem os postos da cidade e se encaminhem para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), Policlínica e para o Hospital Municipal, que devem receber os feridos atingidos pela lama da barragem da Vale.

A Defesa Civil de Belo Horizonte foi enviada para o local. O Hospital Pronto-Socorro João XXIII, na capital mineira, está de prontidão para receber possíveis vítimas.

O secretário de Estado de Meio Ambiente, Germano Vieira, afirmou que toda a equipe de emergência foi deslocada para a cidade, assim como um grande contingente de bombeiros, a Defesa Civil estadual e o subsecretário da pasta. Vieira contou que a Vale sobrevoa o local para diagnosticar o tamanho do desastre.

A avenida que acessa a primeira ponte de Brumadinho está interditada pela Polícia Militar (PM) e há congestionamento nas redondezas. Todas as entradas da Vale e ruas das imediações estão bloqueadas. Motoristas devem evitar a região.

Em nota, a Vale afirmou que acionou o Corpo de Bombeiros e ativou o Plano de Atendimento a Emergências para Barragens. “A prioridade total da Vale, neste momento, é preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade. A companhia vai continuar fornecendo informações assim que confirmadas”, declarou.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo