fbpx
CidadeSaúde & Bem Estar

VIÇOSA REALIZA CONFERÊNCIA DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA

Adotando como tema central “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, a V Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Viçosa acontece nesta quinta-feira (28) no salão da Associação dos Ex-Alunos da UFV, na casa 49 da Vila Giannetti, Centro.

O objetivo do evento é reunir representantes do governo e da sociedade civil organizada, especialmente das próprias pessoas idosas, para debater os principais desafios e decidir as prioridades para as políticas públicas que refletem no envelhecimento da população e na condição de vida das pessoas idosas, atualmente e nos próximos anos.

O Brasil será, em poucas décadas, um dos países com maior número de pessoas idosas do mundo, e precisa correr para poder atendê-las no que elas têm de melhor e mais saudável: o desejo de viver com independência e autonomia. Por isso, o assunto da V Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa é o reconhecimento do poder que a pessoa idosa tem de direcionar a política que visa diretamente a contemplar seus anseios e objetivos de vida.

Homens e mulheres estão vivendo cada vez mais. Em 2050, nada menos que 64 milhões de brasileiros – o equivalente a 30% da população – estarão com 60 anos ou mais. Hoje, são 25 milhões, pouco mais de 12%. A expectativa de vida saltará de 75 para 81 anos, acima da média mundial, que, estima-se, estará em torno de 76 anos. Em todo o mundo, os maiores temores das pessoas diante do envelhecimento têm relação direta com a perda de autonomia. Foi o que revelou um recente levantamento da consultoria Nielsen realizado com 30.000 indivíduos em sessenta países, incluindo o Brasil. Não conseguir cuidar das necessidades básicas, perder a agilidade física e mental, ser um fardo para a família e não ter condições de viver com conforto foram os medos mais citados pelos entrevistados.

Além do tema central, os eixos temáticos, definidos em instâncias nacionais, também foram adotados pelos municípios e estados, sendo eles: 1) Direitos Fundamentais na Construção e Efetivação das Políticas Públicas; 2) Educação: assegurando direitos e emancipação humana; 3) Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa; e 4) Os Conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas.

Para o Presidente do Conselho Municipal do Idoso de Viçosa, Wederson Candido de Oliveira, a ideia é aproveitar esse espaços de debate coletivo para que haja uma participação social mais representativa e efetiva das pessoas idosas. “Queremos assegurar um momento de discussão e avaliação das ações governamentais e, também, para a eleição de prioridades políticas para os governos e para as diferentes organizações da sociedade civil e das entidades de defesa de direitos das pessoas idosas”, destacou.

Durante a conferência serão eleitos delegados para representar o Município na etapa estadual, que acontecerá nos dias 7 e 8 de agosto de 2019. A Conferência Nacional está prevista para acontecer no dia 15 de novembro de 2019.

SERVIÇO

V Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Viçosa
Data: Quinta-feira, 28/03/2019
Hora: Das 7h30 às 12h
Local: Salão da Associação dos Ex-Alunos da UFV, na casa 49 da Vila Giannetti, Centro de Viçosa (MG)

PROGRAMAÇÃO

7h30 – CREDENCIAMENTO
8h00 – COMPOSIÇÃO DA MESA E ABERTURA
8h30 – CONFERÊNCIA MAGNA: Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o papel das políticas públicas
Conferencista:  Andreia Queiroz Ribeiro
Coordenação da Mesa: Wederson Candido de Oliveira
9h30 – INTERVALO
10h00 – FORMAÇÃO DOS GRUPOS DE TRABALHO DE ACORDO COM OS EIXOS
11h00 – PLENÁRIA
11h30 – ELEIÇÃO DOS(AS) DELEGADOS (AS) PARA 5ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA
12h00 – ENCERRAMENTO

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo