CidadeSaúde & Bem Estar

PREFEITURA DE VIÇOSA INTENSIFICA AÇÕES CONTRA DENGUE

A Prefeitura de Viçosa, por meio do setor de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde, irá intensificar ações em combate à dengue, nos locais de maior incidência, nos próximos 15 dias. Viçosa registrou 44 notificações de dengue nesses primeiros meses de 2019, desses 23 foram confirmados, 2 descartados e 19 estão em fase de análise.

Os 31 agentes de Combate a Endemias percorrerão as regiões onde moradores tiveram suspeitas de dengue e aplicarão  inseticida Ultra Baixo Volume (UBV), utilizado para controle do vetor Aedes aegypti, a um raio de 300 metros dos casos notificados. A coordenadora do Setor de Vigilância Ambiental, Lilian Souza, reforça a importância de que as pessoas com suspeita de dengue que foram atendidas em clínicas particulares, notifiquem o setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde para que a ação tenha amplitude em todos os casos. O setor de Vigilância Epidemiológica fica localizado no Centro Administrativo Municipal, na Rua Gomes Barbosa, nº803, Centro.

A coordenadora lembra ainda que os cuidados para evitar a proliferação do mosquito devem ser permanentes e feita por cada cidadão. “Nesta época, mais do que nunca, o ideal é eliminar recipientes que podem servir para acúmulo de água e, consequentemente, para a proliferação do mosquito”, ressaltou.

A Prefeitura de Viçosa irá realizar um novo Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa) no começo de maio.

LIRAa

Consiste em uma amostragem larvária bimestral de Aedes aegypti em um município para obter a estimativa da infestação pelo vetor da dengue. Essa amostragem deve ser precedida de um mapeamento e estratificação dos imóveis do município em unidades territoriais homogêneas de 2.500 a 12 mil imóveis denominadas estratos. É ferramenta fundamental para direcionamento e intensificação das ações antivetoriais, pois apresenta a magnitude e a distribuição da infestação por tipo de criadouro nas diferentes regiões do município.

Outras informações no Setor de Vigilância Ambiental. Telefone (31) 3892-6430.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido! © Copyright Primeiro a Saber.
Fechar
Fechar