CidadeCulturaDiversidade

ASSOCIAÇÃO DOS ARTESÃOS DE VIÇOSA QUEREM VOLTAR COM FEIRA DE ARTESANATOS PARA PRAÇA SILVIANO BRANDÃO

A Presidente da Associação dos Artesãos de Viçosa, Josemeire Carvalho, utilizou a Tribuna Livre, na reunião Ordinária da terça-feira (02), para solicitar apoio na conquista de um espaço mais adequado para a realização das feiras de artesanato no Município que aconteciam, até o fim de 2018, na Praça Silviano Brandão, mas foram realocadas em razão da reforma da Praça e até o momento não conseguiram retornar ao local.

De acordo com Josemeire, o artesanato é a principal fonte de renda de muitas famílias viçosenses “atualmente a associação contribui com a renda de 16 pessoas, ou seja, de 16 famílias”, disse. No entanto, em razão da reforma da Praça, a Associação passou a comercializar os produtos na Praça do Rosário “saímos temporariamente para a reforma, mas ainda não conseguimos voltar. Onde estamos atualmente é muito apertado, não tem espaço para as pessoas circularem”. Josemeire ainda falou sobre Lei Municipal n⁰ 2718/2018 2718/2018, de autoria da Vereadora Brenda Santunioni (Progressistas) que institui o Regime Municipal dos Artesãos e garante uma feira semanal de artesanato com dia, horário e local fixos “solicitamos o apoio de vocês para que a lei seja cumprida e para podermos conquistar um espaço melhor para a comercialização dos nossos artesanatos”, finalizou. Durante sua fala, houveram diversos manifestos de artesãos no Plenário da Casa Legislativa.

O Vereador Sávio José (PT), Vice Presidente da Casa, demonstrou seu apoio a associação “uma das profissões mais antigas do mundo, que apoia a economia solidária e o pequeno empreendedor”, disse. Já o Vereador Arlindo Antônio Carneiro (Montanha) (PSDB) falou sobre a necessidade de apresentação de um documento oficial ao Executivo fazendo a solicitação “somos todos favoráveis a esse trabalho tão importante para o Município, mas não recebemos, ainda, um documento que contenha essa solicitação. O Executivo está aberto para recebe-los”, enfatizou. A Vereadora Brenda, que luta pela causa há cerca de dez anos, falou sobre a problemática “quando soube que vocês não voltariam para a Praça fiquei estarrecida, pois precisamos ter um plano de ação para o local, ocupando com o que já havia dado certo. No entanto, o Executivo está planejando um excelente local para o trabalho de vocês”, disse.

O Vereador Geraldo Luís Andrade (Geraldão) (PTB) também se posicionou favorável a causa “fui informado que assim que a Praça fosse reformada vocês estariam voltando a trabalhar no local. Os artesãos na maioria das vezes são pessoas que necessitam dessa fonte de renda, que está sendo prejudicada pela logística atual”, disse. Já o Vereador Idelmino Ronivon (Professor Idelmino (PCdoB) apontou a incoerência do Executivo “a Josemeire deixou claro que foi definido em reunião que os artesãos ficariam na Praça do Rosário apenas até a finalização da reforma. O artesanato envolve a geração de renda, que sustenta muitas famílias do Município, e por isso é tão importante a valorização desse trabalho pelo Município”, finalizou o vereador.

Fonte: Câmara Municipal de Viçosa.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar