CampoSaúde & Bem Estar

VIÇOSA SEDIA FÓRUM ESTADUAL ESTRATÉGIAS PARA RETIRADA DA VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA

O Plano Nacional de Erradicação da Febre Aftosa, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) caminha para a retirada da vacinação contra febre aftosa em todos os estados brasileiros. Para mudar o status de área livre da aftosa com vacinação para área livre sem vacinação, o país foi dividido em cinco blocos. Minas Gerais integra o Bloco quatro junto com Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Rio de Janeiro, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

Desde 2008, nosso estado permanece sem registro da doença, ou seja, Minas é área livre de febre aftosa com vacinação há mais de 20 anos.

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) segue na implantação das últimas medidas que serão aplicadas para a retirada da vacinação, prevista para junho de 2021.

No dia 16 de junho, acontecerá o Fórum Estadual Estratégias para Retirada da Vacinação contra Febre Aftosa para discutir as ações a serem implantadas visando a mudança do status sanitário de Minas Gerias. Estarão presentes representante de diversas instituições envolvidas na cadeia produtiva do agronegócio, além de médicos veterinários, pecuaristas, agroindústrias, comércio e prestadores de serviço.

O evento promovido pelo IMA e a equipe gestora do Plano Estadual para Retirada da Vacinação contra Febre aftosa, acontecerá na Biblioteca Central da Universidade Federal de Viçosa, dia 16 de julho, às 8 horas durante a 90ª. Semana do Fazendeiro.

A extinção da vacinação sinaliza o fim de uma barreira sanitária que permitirá aos produtos mineiros alcançarem novos mercados internacionais, ampliando o potencial do agronegócio em nosso estado.

Inscreva-se: http://www.ima.mg.gov.br/

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar