fbpx
CidadeSaúde & Bem Estar

VACINE-SE CONTRA O SARAMPO

Diferente da Dengue, que prevê ações externas para o combate à proliferação da doença; o sarampo só é prevenido com vacinação. Sendo assim, a Prefeitura de Viçosa, através da sala de vacinas, informa que todas as pessoas, a partir de 1 ano (até 49 anos), devem ser vacinadas.

Em caso de dúvidas – se tomou ou não a vacina -, procure a equipe de estratégia da saúde de seu bairro, ou mesmo a Policlínica no centro da cidade, que os servidores verificarão no Cartão Espelho (que contém todos os registros de vacina do cidadão) se a dose foi aplicada.

Quem teve contato com pessoa infectada deve ter atenção redobrada! E profissionais de saúde, em geral, tomam duas doses.

As notícias de casos confirmados da doença pelo Brasil já se espalharam. Segundo dados do Ministério da Saúde, São Paulo é o estado onde concentram maiores incidências. Desde o dia 7 de junho, quando havia 51 casos confirmados, ocorreu uma alta de 586%: o número passou para 350, segundo dados divulgados em 15 de julho.

Casos em Minas Gerais

Desde o início de 2019 foram notificados 137 casos suspeitos de sarampo provenientes de 53 municípios no estado de Minas Gerais. Destes, 69,4% (95/137) foram descartados, 27,7% (38/137) estão sob investigação e 2,9% (4/137) casos foram confirmados.

Casos em Viçosa

Em 2015 e em 2018, houve registro de caso suspeito, porém, ambos foram descartados.

Em 2019, registrou-se um caso suspeito, de um bebê de nove meses (abaixo da idade regular de receber a vacina), residente em Viçosa no bairro Nova Viçosa, com história recente de ida ao município de Rio Doce aproximadamente há um mês antes de início de sintomas, sem relato de alguém com sintomas/sinais ou casos confirmados de Sarampo.

Fonte:Prefeitura de Viçosa.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo