CidadeDestaque da semanaSaúde & Bem Estar

PREFEITURA DE VIÇOSA DIVULGA NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE CONFIRMAÇÃO DE CASO DE SARAMPO

No dia 23 de julho, a UBS no bairro Nova Viçosa recebeu um paciente com suspeita de Sarampo. A criança está abaixo da faixa etária determinada para vacinação regular. Segundo parentes, a suspeita é que ela teve contato com familiares (de outra cidade) que estavam infectados.

O médico ambulatorial diagnosticou o quadro clínico de Sarampo e solicitou coleta de sangue da criança para investigação laboratorial. O resultado da amostra colhida em 23 de julho deu positivo.

Diante do quadro, atendendo a orientação da Secretaria de Vigilância em Saúde, em 29 de julho, uma nova amostra de sangue para sorologia foi realizada. O resultado desse exame deu IgG positivo, mas IgM Inconclusivo.

Seguindo, então, o protocolo para classificação de casos suspeito de sarampo, passo seguinte é realizar nova coleta (já agendada para o próximo dia 13); para só assim, o município poder afirmar se houve ou não caso de sarampo registrado no município. Ou seja, o caso segue em análise.

Avaliação clínica x Protocolo da Secretaria de Vigilância em Saúde

Durante esse processo, a assessoria de comunicação da Prefeitura foi informada pelo coordenador do setor de Epidemiologia que o resultado estava confirmado.

Porém, somente após a publicação da matéria, o Secretário Municipal de Saúde, interviu reforçando que a que a confirmação foi clínica, mas que ainda não poderia ser enquadrado como CONFIRMADA, porque o protocolo instituído pela Secretaria de Vigilância em Saúde determina que só após o resultado desse último exame, o procedimento para “Classificação de caso suspeito de Sarampo” pode ser assim rotulado: concluído.

Faz-se a necessidade esclarecer ainda que a Assessoria de Comunicação não havia tomado ciência que, desde o dia 1º de agosto, que o referido coordenador não responde mais pelo setor onde atua.

Entendendo IgM e IgG

O exame sorológico de IgG e IgM serve para detectar o estágio de diversas doenças.

  • IgG negativo (não reagente) e IgM negativo (não reagente): significa que o paciente nunca entrou em contato com o patógeno (nunca teve a doença ou nunca tomou vacina) e está susceptível a ter a doença;
  • IgG negativo e IgM positivo: significa que a infecção é aguda (dias, semanas);
  • IgG positivo (reagente) e IgM positivo (reagente): infecção recente (semanas ou meses);
  • IgG positivo e IgM negativo: infecção antiga (meses ou anos) ou sucesso da vacina; a pessoa está protegida para essa doença.

Fonte: Assessoria de comunicação PMV

Etiquetas

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar