Cultura

USO DA TECNOLOGIA NA PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DE VIÇOSA

O Departamento de Patrimônio da Secretaria de Cultura, Patrimônio Histórico e Esportes, em convênio com o Departamento de História da Universidade Federal de Viçosa, está dando início ao projeto de catalogação dos patrimônios da cidade no sistema QR Code, o código de resposta rápida.

Essa plataforma permite o escaneamento de um código de barras bidimensional, que pode ser facilmente acessado por um smartphone. O código irá direcionar a princípio para uma página ligada ao site oficial da Prefeitura de Viçosa, levando um conteúdo interativo, que irá disponibilizar as informações sobre o bem ou objeto. Está sendo criado e atualizado também um aplicativo com o mesmo intuito. O trabalho de catalogação irá incluir os novos bens tombados, além das Cartilhas da História de Viçosa nas Escolas, Educação Étnica e inventários imateriais.

No município de Viçosa existem cerca de duas dezenas de bens tombados, inventariados ou registrados, o objetivo do projeto é disponibilizar informações sobre a história e significados dos mesmos, além de pautar sua importância na construção cultural da cidade. E para isso, serão realizadas muitas pesquisas para a produção desses materiais informativos. O chefe do Departamento de Patrimônio Histórico José Mário Rangel, afirma que haverá um amplo acesso nessa nova plataforma.

Essa é uma forma fácil e rápida de divulgar o patrimônio local, além de promover a  interação com o Conselho de Patrimônio. “O projeto contribuirá para o conhecimento e divulgação do patrimônio cultural de Viçosa. Permitindo a realização de atividades de educação patrimonial nas escolas e estimulando o envolvimento da população com os bens protegidos”, diz o coordenador do projeto Jonas Marçal de Queiroz.

Fonte: Prefeitura de Viçosa.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar