CidadeEducaçãoUFV

Tese defendida na UFV é uma das vencedoras do Prêmio Capes 2019

A tese The molecular functions of auxin signaling in tomato (Solanum lycopersicum L.), defendida no Programa de Pós-Graduação em Fisiologia Vegetal da UFV, está entre as vencedoras do Prêmio Capes de Tese 2019 na área de Ciências Agrárias I. O trabalho, defendido em 2018, tem como autor Willian Batista da Silva, e foi orientado pelo professor Wagner Luiz Araújo, orientador permanente do Programa.

De acordo com Willian, seu trabalho de doutorado demonstrou, de forma inédita, a complexidade das interações entre o hormônio vegetal auxina e o metabolismo central de plantas. Ele comprovou que a auxina atua como um integrador do crescimento e ajuste metabólico. Os resultados indicaram, ainda, a participação efetiva desse hormônio na determinação final da produtividade em tomateiro.

Willian explica que a auxina parece modular etapas importantes no amadurecimento dos frutos de tomate, controlando o metabolismo de amido e açúcares. Além disso, fornece novas perspectivas no que diz respeito aos níveis de auxina e à qualidade dos frutos. Segundo o pesquisador, entender as respostas hormonais em plantas é fundamental para a busca de incrementos na produtividade vegetal.

Vale registrar que os artigos da tese do agora doutor Batista da Silva foram publicados em revistas de alto impacto na área de plantas (Plant Science, Plant Physiology e Plant, Cell & Environment), demonstrando, o reconhecimento pelos pares da qualidade dos trabalhos gerados por pesquisadores brasileiros.

A edição 2019 do Prêmio concedido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) teve recorde de inscrições, com 1.140 candidaturas. No total, além das teses agraciadas nas 49 áreas de avaliação da Capes, outros 93 trabalhos receberão Menção Honrosa. A lista com os nomes dos premiados pode ser conferida na página da Capes. Excepcionalmente este ano, diante do cenário econômico de ajuste das contas públicas, não haverá uma cerimônia para a entrega do Prêmio, como previa o Edital.

Prêmio

Criado em 2005, o Prêmio Capes é outorgado anualmente às melhores teses de doutorado aprovadas nos cursos de pós-graduação reconhecidos no Sistema Nacional de Pós-Graduação em cada uma das 49 áreas do conhecimento. Além disso, duas teses em cada uma das áreas são agraciadas com Menção Honrosa. Os critérios de premiação devem considerar a originalidade do trabalho, sua relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação, e o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato.

Fonte: Adriano Nesi

Divulgação Institucional – Portal UFV.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar