CidadeMeio Ambiente

Macaco Aurita poderá ser registrado como mascote de Viçosa

Em vídeo divulgado nas redes sociais da Câmara de Vereadores de Viçosa, a Vereadora Brenda Santunionni recebeu em seu gabinete a equipe do Projeto de Conservação dos Saguis para a apresentação de uma proposta pedagógica de educação ambiental, que será transformada na Câmara dos Vereadores em um projeto de lei, fazendo com que o Macaco Aurita, animal que está entre as 25 espécies que estão mais ameaçadas de extinção, vire um mascote da cidade de Viçosa.

Os organizadores do projeto destacaram a importância da contribuição da Vereadora Brenda e da proteção desses animais.

“A gente só protege o que a gente conhece. Nossa obrigação é fazer a divulgação”, destaca a vereadora.

O sagui-da-serra-escuro (nome científico: Callithrix aurita) é um primata do Novo Mundo da família Callitrichidae, subfamília Callitrichinae endêmico da Mata Atlântica brasileira. Habita as florestas de montanha dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e leste e nordeste de São Paulo.

É ameaçado de extinção devido principalmente à grande perda de habitat ao longo de sua distribuição geográfica, mas ocorre em diversas unidades de conservação já consolidadas, como o Parque Nacional da Serra da Bocaina, o Parque Estadual do Rio Doce e o Parque Estadual da Cantareira.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido! © Copyright Primeiro a Saber.
Fechar
Fechar