CidadeObras

SAAE inicia construção de interligação da ETA II ao novo reservatório

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Viçosa (SAAE) assinou, no dia 25 de outubro, o contrato para a construção de adutora que interligará o novo reservatório de três milhões de litros, que está sendo construído próximo ao condomínio do Recanto das Acácias, à Estação de Tratamento de Água da Violeira (ETA-II).

A empresa Pilone Construção e Conservação Ltda foi a ganhadora do certame processo nº 037/2019, pregão 031/2019, e assinou o contrato para construção da adutora em ferro fundido de 400mm, numa extensão de aproximados 1.400 metros, pelo valor global de R$ 265.000,00 (duzentos e sessenta e cinco mil reais). A ordem de serviços foi dada para início das obras a partir do dia 28 de outubro e tem previsão de término em 90 dias.

A obra faz parte da ampliação do sistema de tratamento e distribuição de água da ETA II (Violeira) iniciado no ano de 2015. O novo parque de reservação de água tratada é composto pela construção de dois novos reservatórios que aumentarão a capacidade de conserva de água tratada no município e também pelos três reservatórios existentes (Bom Jesus, João Brás e Nova Viçosa), que foram restaurados como parte do “Projeto de Prevenção e Controle de Perdas”.

Segundo o Diretor de Engenharia e Manutenção da Autarquia, Diogo Rezende, “o reservatório de três milhões de litros é uma das obras mais esperadas dos últimos anos, pois além de aumentar a capacidade de armazenamento de água potável, dando mais segurança ao abastecimento municipal, proporcionará mais eficiência ao sistema como um todo”, afirmou.

Até o ano de 2014, 65% da população municipal dependia da Bacia do Ribeirão São Bartolomeu, que fornecia água bruta para tratamento na ETA-I, Bela Vista. Porém, diante das baixas vazões registradas desde o ano de 2013, o SAAE e o Executivo Municipal iniciaram em 2015 uma série de obras e medidas que visassem a mudança gradual do abastecimento municipal para a Bacia do Turvo Sujo, captação da ETA – II, Violeira, visando diminuir a dependência do município do manancial do Ribeirão São Bartolomeu. Atualmente, 80% da água tratada e distribuída no município são oriundos da Bacia do Turvo Sujo (ETA-II, Violeira).

“Foi um planejamento ousado, mas responsável. A mudança do abastecimento municipal para a Bacia do Turvo Sujo foi uma estratégia que parecia impossível, mas hoje, quatro anos depois de iniciada, foi uma das mais corretas adotadas pelo município”, afirmou o diretor-presidente do SAAE, Luciano Piovesan. “Sem parar o abastecimento municipal, fizemos obras e investimentos necessários, e, atualmente, Viçosa é uma das cidades com maior segurança hídrica da região”, completou.

Fonte: Prefeitura de Viçosa.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Conteúdo protegido! © Copyright Primeiro a Saber.
Fechar
Fechar