CidadeSaúde & Bem Estar

Polícia apreende garrafas de lote da Backer consumido por paciente com suspeita de síndrome nefroneural em Viçosa

Mulher teria comprado a cerveja e consumido o produto no município e durante uma viagem para a cidade de Guarapari.

A Polícia Civil de Minas Gerais apreendeu, nesta segunda-feira (13), duas garrafas da marca “Belorizontina” em Viçosa. Os lotes são os mesmos que teriam sido consumidos pela paciente, do sexo feminino, com suspeita da síndrome nefroneural, no município. A informação foi confirmada para a produção da TV Integração.

A mulher, que não teve a idade divulgada, deu entrada no hospital São João Batista, na última quinta-feira (9). A Prefeitura de Viçosa informou que a paciente teria comprado a cerveja e consumido o produto em Viçosa e durante uma viagem para a cidade de Guarapari (ES).

De acordo com a corporação, foram recolhidos os lotes L1 1383 e L2 1383 em um supermercado do município. As garrafas serão levadas para a sede da Polícia Civil de Belo Horizonte nesta terça-feira (14).

Caso suspeito

Na manhã desta segunda-feira, o diretor clínico do hospital, Sérgio Pinheiro, informou ao G1, que a mulher não teve alterações no quadro clínico desde sábado (11).

A paciente permanece internada em um quarto na unidade, com comprometimento da função renal e sem sinais de alteração neurológica.

Na sexta-feira (10), o Executivo notificou o caso a Superintendência de Saúde. Até a última atualização desta reportagem, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), não havia recebido a notificação de Viçosa.

Entretanto, em entrevista coletiva à imprensa nesta segunda-feira, a Polícia Civil comunicou que a paciente foi incluída no inquérito que investiga o caso.

Fonte: G1.

Etiquetas

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar