CidadeUFV

IPC-Viçosa registra inflação em dezembro e acumulado no ano é superior ao da economia brasileira

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de Viçosa, calculado pelo Departamento de Economia da UFV, registrou, no último mês de 2019, uma inflação de 0,95% no município. Com isso, o acumulado no ano ficou em 7,47%, valor superior à inflação da economia brasileira, que, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo IBGE, foi de 4,31%.

Durante 2019, os sete grupos que compõem o IPC-Viçosa tiveram as seguintes variações de preço: Vestuário (10,66%), Transporte e Comunicação (9,75%), Alimentação (9,50%), Saúde e Cuidados Pessoais (9,45%), Habitação (5,34%), Educação e Despesas Pessoais (1,38%) e Artigos de Residência (-2,29%).

Especificamente em dezembro, o grupo que mais contribuiu para o valor do índice foi Alimentação (2,47%). As elevações de preço nesse grupo foram impulsionadas principalmente, como já ocorrera em novembro, pela alta das carnes bovina e suína, responsáveis por 0,57 ponto percentual (60%) do IPC-Viçosa em dezembro.

Quanto à cesta básica, em dezembro, o seu custo aumentou em 11,81%, o maior registrado em 2019. No acumulado do ano, o valor da cesta básica ficou 5,65% mais caro. Em termos de produtos, o destaque é para os aumentos significativos da batata inglesa (69,55%), carne bovina (30,96%) e banana prata (23,17%).

Todas as informações sobre o IPC-Viçosa de dezembro de 2019 podem ser conferidas no site do Departamento de Economia (DEE) da UFV. Ali também estão disponíveis os boletins e as séries históricas do Índice, calculado desde 1985 pelo DEE. A pesquisa tem como público-alvo uma família de quatro pessoas, com renda entre um e seis salários mínimos.

Fonte: UFV.

Etiquetas

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar