fbpx
CidadeSaúde & Bem Estar

Índice de isolamento social em Viçosa é motivo de preocupação

A Secretaria de Saúde confirma que a contaminação sustentada do novo coronavírus já ocorre dentro do município, uma vez que os casos recentes tiveram origem em outros casos antigos já confirmados pela Vigilância Epidemiológica.

Mesmo com o aumento do número de casos de Covid-19 em Viçosa e na região, a população tem afrouxado nas medidas de proteção para evitar o contágio. Atualmente, o índice de isolamento social em Viçosa ficou em torno de 43%, segundo dados fornecidos pelo Instituto de Matemática e Estatística da USP. A plataforma que aponta o Isolamento Social Comparativo em diversas cidades de Minas Gerais pode ser conferida AQUI.

Ainda segundo o site, o índice caiu também em todas as cidades da região. Em Minas Gerais, a taxa de isolamento está em 35,6%, uma das mais baixas do país. Os cálculos são feitos com base em estatísticas e geolocalização.

A taxa de isolamento social e um dos parâmetros para medir a evolução da doença no município. Quanto maior o índice, significa que mais pessoas estão em casa, saindo apenas em caso de necessidade. O ideal, para Viçosa, é manter uma taxa de isolamento de, no mínimo 60%, para reduzir drasticamente o número de notificações de casos suspeitos e confirmados.

De acordo com o Secretário de Saúde, Marcus Schitini, “o momento agora é de máxima cautela. E estamos vendo justamente o oposto: festas, eventos e desrespeito ao rodízio de CPF. O vírus circula no município e todo cuidado é pouco para evitarmos retroceder nas medidas já adotadas”.

O isolamento social é apontado por especialistas como a forma mais eficiente de evitar o contágio. Viçosa implantou diversas medidas há quase 3 meses, para reduzir o fluxo de pessoas nas ruas, como rodízio por CPF no comércio, cercamento de praças centrais, manutenção de barreiras sanitárias, ações sociais para famílias em situação de vulnerabilidade e normas para funcionamento de atividades econômicas.

Fontes: IME-USP | Inloco

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo