fbpx
Cidade

Ações de combate à dengue são realizadas em Viçosa

Os Agentes de Combate de Endemias da Prefeitura de Viçosa realizaram nesta semana ações de bloqueio no bairro Nova Viçosa, para impedir a propagação do mosquito Aedes Aegypti. As equipes trabalharam na remoção de possíveis criadouros do mosquito e aplicação de larvicidas, além da utilização do UBV (Ultra Baixo Volume) mais conhecido como “fumacê”.

As ações focais tem o objetivo de impedir a proliferação do mosquito inseto transmissor da dengue, zika e chikungunya em locais do município com alto índice de infestação. Uma equipe trabalhou em varreduras nos bairros e nos distritos de São José do Triunfo e Cachoeira de Santa Cruz. Atendimentos a denúncias e coletas de amostras de água para análise de qualidade (feito pelo laboratório de referência da Secretaria Regional de Saúde de Ponte Nova) também foram realizados.

As equipes do setor de Vigilância Ambiental que estavam deslocadas para reforçar as barreiras sanitárias já retornaram à rotina para intensificar os trabalhos. De acordo com a Coordenadora do setor de Vigilância Ambiental, Rafaela Lopes Dias, Viçosa é uma cidade endêmica para o Aedes Aegypti e todo o reforço é necessário: “hoje contamos novamente com nossos agentes, seguindo as instruções da Secretaria Estadual de Saúde nas medidas de segurança e proteção em tempos de pandemia”.

Mesmo com a intensificação do trabalho, os cuidados dentro de casa são fundamentais. Irregularidades que favoreçam a proliferação do mosquito, como caixa d’água destampada, água acumulada em pratinhos para vasos de flores, piscinas sem manutenção e demais depósitos de água, são passíveis de notificação e até mesmo multa, segundo o Decreto 5.358/2019 de 23 de setembro de 2019.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo