fbpx
CidadeEducaçãoUFV

Coluni fica em 1º lugar entre as escolas públicas no ranking nacional de desempenho no ENEM 2019

No ranking geral, o Coluni ficou em 8º lugar.

Com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na última sexta-feira (26/6), consultorias tabularam o desempenho de escolas públicas e particulares de todo o país no Exame Nacional do Ensino Médio 2019 (Enem), considerando as médias das provas objetivas e da redação.
Os 10 primeiros colocados do país de acordo com a ZBS(foto: ZBS / Reprodução)
Os 10 primeiros colocados do país de acordo com a ZBS(foto: ZBS / Reprodução)
Fortaleza (CE) aparece logo nas duas primeiras colocações do ranking nacional preparado pela empresa de tecnologia ZBS.
Assim como no ano passado, os primeiros lugares são, em sequência, do Farias Brito Colégio de Aplicação e do Ari de Sá Cavalcante Sede Mario Mamede Colégio. As instituições têm, respectivamente 35 e 33 alunos.
Continua depois da publicidade

Com 284 estudantes, o Colégio Bernoulli, de Belo Horizonte (MG), ocupa a terceira colocação no ranking nacional. A quarta e a quinta posições também estão ocupadas por escolas da capital mineira: Fibonacci Colégio e o Coleguium, com 57 e 34 estudantes, respectivamente. No sexto lugar está o Objetivo Colégio Integrado, de São Paulo (SP). Na sétima posição, aparece o Colégio Santo Antônio, de Belo Horizonte, com 144 alunos.
Na sequência, em oitavo lugar, está a primeira instituição de ensino pública: o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Viçosa (UFV) – Coluni, com 155 discentes. A nona colocação fica para o Vital Brazil Colégio, com 56 alunos. O Vertice Colégio Unidade II, com 43 estudantes, fecha o top 10 da lista. As duas últimas escolas são de São Paulo.

Critérios

São excluídos da contagem os alunos que fizeram o Enem, mas não estavam cursando o 3º ano do ensino médio no ano passado. Ficam de fora também os estudantes que não preencheram em qual instituição estudavam. Além disso, são consideradas apenas as escolas com 30 ou mais alunos. Estudantes da Educação Especial e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) estão inclusos, assim como aqueles que zeraram a redação ou alguma das provas objetivas.
Outra tabulação
Baseada também nos microdados liberados pelo Inep, a tabulação feita pela startup de educação Evolucional, apesar de muito semelhante, concluiu alguns resultados diferentes da análise da ZBS.
A avaliação segue também dois critérios de classificação, nota objetiva e nota objetiva+redação. A startup considerou apenas alunos cursando e concluindo o ensino médio em 2019 que tiraram nota superior a zero na redação e nas provas objetivas. Diferentemente da ZBS que incluiu no ranking apenas colégios com 30 estudantes ou mais a Evoluciona considerou instituições com número de alunos a partir de 10.
As 10 primeiras escolas colocadas do Distrito Federal com a nota da redação de acordo com a Evolutiva(foto: Evolutiva / Reprodução)
As 10 primeiras escolas colocadas do Distrito Federal com a nota da redação de acordo com a Evolutiva(foto: Evolutiva / Reprodução)
No ranking nacional, os nomes dos 10 primeiros colocados são os mesmos, mas as posições variam, com exceção do top 3. No top 10 do DF, apesar de diferença nas pontuações, a ordem de classificação das escolas permanece a mesma.
Fonte: Correio Braziliense.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo