fbpx
Polícia

Casal residente em Cajuri é vítima de estelionato e perde cerca de R$ 25 mil

Na tarde dessa segunda-feira (06), por volta das 14h50, um casal residente em Cajuri foi vítima de estelionato na Rua Professor Lopes de Carvalho no Centro de Viçosa.

A PM de Viçosa foi acionada por duas solicitantes as quais relataram que não estavam conseguindo contato com seus pais que residem na cidade de Cajuri; que uma delas foi até a residência do casal e percebeu que uma gaveta da cômoda do quarto do estava revirada e o veículo da família não estava na garagem; que o último contato com os pais foi no domingo a noite.

As solicitantes então deslocaram até os hospitais de Viçosa, pensando na possibilidade de um deles ter passado mal, como não encontraram, acionaram a PM que imediatamente saiu em busca de informações bem como imagens de câmeras de segurança existentes em frente aos comércios próximos a residência do
casal além de imagens nas proximidades dos bancos em Viçosa, pois poderia se tratar de golpe. Que no desenrolar da ocorrência, um estabelecimento bancário enviou algumas imagens de um casal que esteve realizando saques e depósitos, tendo as imagens sido expostas as solicitantes, as quais reconheceram como sendo seus pais, os quais foram localizados pela PM de Viçosa, que
conseguiu evitar que mais saques fossem realizados.

Em conversa com as vítimas, (71 e 70 anos) foi relatado que por volta de 20:00horas de domingo, 05 de julho de 2020, receberam algumas ligações telefônicas dando conta de um possível sequestro de uma de suas filhas; que a filha de quem eles falavam, reside na zona rural de Cajuri e o casal não conseguia contato com ela, passando a acreditar em tal sequestro; que os infratores ligaram durante toda noite, ou seja de domingo para segunda, insistindo em falar do sequestro e ao amanhecer, as ligações continuaram, tendo então os infratores determinado que o casal deslocasse para a cidade de Viçosa para sacar dinheiro e realizar depósitos em algumas contas por eles passadas, caso contrário, matariam a filha.

As vítimas, temendo pela vida da filha, deslocaram para Viçosa, indo em dois bancos, realizando saques
e efetuando as transferências exigidas pelos infratores, totalizando o valor de R$25.000,00 (vinte e cinco mil reais); que após as transferências realizadas, o casal conseguiu contato com uma das filhas, a qual negou que a irmã havia sido sequestrada, tendo o casal percebido naquele momento que se tratava de golpe.

As vítimas foram orientadas a retornarem aos bancos para tentarem desfazer as transferências e o Boletim de Ocorrência foi registrado e destinado á Delegacia de Polícia.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo