fbpx
RegiãoSaúde & Bem Estar

Prefeito Grego anuncia flexibilização do comércio em Muriaé. Cinco segmentos poderão reabrir a partir desta quarta-feira

O prefeito Grego realizou uma live na noite desta segunda-feira (06) e anunciou a flexibilização no comércio de Muriaé para os próximos dias. Parte dos estabelecimentos tem autorização para reabrir a partir desta quarta-feira (08).

Os setores autorizados a retomar suas atividades já nesta semana poderão funcionar de segunda a sábado, das 12h às 20h. Os demais segmentos poderão reabrir suas portas ao público somente a partir de 13 de julho, também com horários específicos. Já a feira livre de domingo permanece suspensa por tempo indeterminado.

O uso de máscaras e a disponibilização de álcool 70 (líquido ou gel) continuam sendo obrigatórios. Já as vendas através de teleatendimento, com serviço de delivery, poderão continuar acontecendo normalmente a qualquer dia e horário. A única proibição é a retirada dos produtos no estabelecimento fora dos horários permitidos.

Confira o que pode funcionar a partir desta quarta-feira:

Funcionamento autorizado partir de quarta-feira (08/07) – de segunda a sábado, entre 12 e 20h:

– Clínicas estéticas, salões de beleza, barbearias e similares;

– Lavadores de veículos;

– Autoescolas

Funcionamento autorizado a partir de segunda-feira (13/07)

– de segunda a sexta, das 12 às 18h; aos sábados, das 9h às 13h:

– Comércio varejista e galerias de lojas;

– Centro de comércio popular (“camelódromo” e ambulantes;

– Bares, restaurantes, lanchonetes e quiosques (poderão servir somente produtos de alimentação. O consumo de bebidas alcoólicas no local permanece proibido);

– Chaveiros;

– Academias;

– Clínicas médicas e veterinárias;

– Laboratórios clínicos e similares;

– Óticas;

– Serviços de apoio, diagnóstico e terapia;

– Lojas de material médico-hospitalar;

– Petshops e lojas de produtos veterinários;

– Área Azul (Rotativo);

Funcionamento autorizado sem restrições de dia e/ou horário:

– Supermercados e similares (hortifrutis, mercearias e açougues). Continua proibido consumir qualquer produto dentro dos estabelecimentos;

– Padarias;

– Distribuidoras de água e gás de cozinha;

– Oficinas mecânicas;

– Táxis e aplicativos de transporte;

– Farmácias;

– Postos de combustíveis;

– Funerárias;

– Cantinas de hospitais;

– Serviços de segurança e vigilância;

– Atividades de indústria;

– Laboratórios

– Serviços de apoio a terapia

– lojas de material hospitalar

Permanecem proibidos e/ou fechados:

– Cirurgias eletivas;

– Boates e casas de festas e eventos;

– Exposições, congressos, seminários;

– Eventos com público superior a 30 pessoas;

– Cinemas e teatros;

– Clubes de serviços e lazer;

– Parques de diversão e temáticos;

– Museus, bibliotecas e centros culturais;

– Praças públicas, Lagoa da Gávea, quadras, ginásios, campos de futebol, centros esportivos e áreas de lazer públicas ou particulares;

OUTROS CASOS:

Bancos, lotéricas e instituições financeiras: devem cumprir as normas específicas de funcionamento para o setor. Recomenda-se o uso preferencial de canais digitais, como aplicativos e internet banking;

Órgãos públicos estaduais e federais (UAI, Correios, etc): devem cumprir as regras específicas de suas esferas.

O prefeito Grego que estava acompanhado do Secretário de Saúde, Paulo César Oliveira e do vereador Júlio Simbra e disse que a decisão de flexibilizar os comércios foi tomada após um estudo feito no município, baseado em estatísticas em que foi comprovado um percentual de segurança nos leitos dos hospitais. Grego também disse que os oito respiradores que foram prometidos para Muriaé pela Secretaria Regional de Saúde irão garantir mais segurança aos pacientes que forem utilizar os aparelhos.

Atualização dos números

O Secretário de Saúde, Paulo César de Oliveira atualizou os números da Covid-19 no município. Segundo ele, 1010 pessoas de Muriaé foram confirmadas com a doença, sendo que curados totaliza-se 415. Pacientes de outros municípios, mas que realizam tratamento em Muriaé somam 103 infectados e 47 curados. Até esta segunda-feira já são 37 óbitos em Muriaé e 13 de outras cidades.

Pacientes Internados

Segundo o Secretário de Saúde, há 43 pacientes internados nos hospitais da cidade, sendo que 23 testaram positivos, 20 estão nas UTI´s, 10 entubados e 26 nos leitos clínicos. Paulo César enfatizou que todos pacientes positivados que precisaram de atendimentos hospitalares foram assistidos.

Número de casos Positivados

Grego explicou que o motivo de Muriaé ser a segunda cidade da Zona da Mata com o maior número de casos positivados é devido o grande volume de testes que estão sendo realizados na cidade, seja nos hospitais ou em laboratórios particulares em que eles são obrigados a informar a SMS.

Orientações e Fake News

Durante o pronunciamento, Grego reforçou que a população precisa continuar fazendo a sua parte, respeitando as orientações repassadas pelas autoridades de saúde e desmentiu uma fake News em que foi circulado nas redes sociais e nos aplicativos de mensagem que a Prefeitura recebe R$ 19 mil por cada paciente infectado. O prefeito reforçou ainda que a verba prometida pelo governo do estado para as unidades hospitalares ainda não chegou à Muriaé e disse também que daqui a 15 dias será feita uma nova avaliação no município para saber se haverá ou não decisões de isolamento social.

Fonte : Rádio Muriaé

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo