fbpx
Tecnologia

Aplicativo Saúde Digital já foi baixado por mais de 41 mil mineiros

Plataforma oferecida pelo Governo de Minas viabiliza, gratuitamente, atendimento médico na palma da mão

Desde o dia 8 de maio, o aplicativo de telemedicina Saúde Digital MG – Covid-19 está disponível, gratuitamente, para toda a população mineira. A ferramenta é uma das muitas ações que a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) usa como medida de combate à pandemia de covid-19. Ela possibilita que o usuário faça um autoatendimento que pode tanto descartar suspeitas de contaminação pelo coronavírus quanto encaminhar o paciente para uma teleconsulta médica por meio do próprio celular. O uso da tecnologia foi cedido pela Techtools, por parceria entre a empresa privada e o Governo de Minas.

Em dois meses de atividade, dos mais de 41 mil cidadãos que baixaram o aplicativo, cerca de 16 mil fizeram a triagem usando o Saúde Digital. Desse contingente, 44% foram classificados como outras suspeitas e 56% diagnosticados com suspeita de covid-19. Dentre os casos suspeitos da doença, 7.593 foram caracterizados como improváveis; 911, sem gravidade, e 697, com gravidade.

É considerável o número de pessoas que evitaram sair de casa, em busca de atendimento médico, devido à funcionalidade do aplicativo. Menos pessoas nas ruas, menos filas para atendimentos presenciais, menos aglomerações. Esta é a intenção do governo ao oferecer a plataforma para toda população do estado. A prática da telemedicina colabora com as medidas de distanciamento social e contribui para que o limite da capacidade de atendimento dos serviços de saúde presenciais não seja afetado.

Boa aceitação

Os pacientes atendidos respondem positivamente quanto à satisfação ao usarem o dispositivo. A especialista em vendas, Lilia Celestino, de Governador Valadares, relata sua experiência. “Me senti muito segura com o atendimento virtual. Foi uma consulta em que pude tirar todas as minhas dúvidas e recebi orientações sobre o que fazer: qual medicação tomar e como praticar o afastamento social dentro dos 14 dias, tempo que fui acompanhada a cada dois dias pelas profissionais de Medicina e Enfermagem”.

Do outro lado do celular, a equipe de médicos, enfermeiros e psicólogos, formada por profissionais da Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) e voluntários, atende com preparo, ética e muita atenção. A médica Ana Carmen Silva Reis diz ficar muito à vontade para atender. “Me sinto muito segura, pois consigo fazer uma boa anamnese e perceber como o paciente se sente e, claro, encaminho os casos que necessitam de uma consulta presencial. Seguimos um rígido protocolo baseado nas melhores práticas de atendimento não presencial”, salienta.

O serviço prestado pelo Saúde Digital MG ficará disponível durante todo o tempo de pandemia, garante o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral. “É muito importante que a população de Minas Gerais conheça e use o aplicativo. Precisamos aproveitar o que a tecnologia nos oferece e, neste caso, a telemedicina atua na linha de frente do combate à essa pandemia que assola o mundo. Como médico, aprovo e recomendo”, reforça.

Como funciona

O aplicativo permite a cada cidadão fazer o seu registro e também cadastrar outras pessoas. A ferramenta utiliza inteligência artificial, o que proporciona que a pessoa faça sua autotriagem por meio de perguntas e respostas relacionadas ao seu atual estado de saúde. Identificado o nível de criticidade, o paciente recebe orientações para fazer isolamento domiciliar, ser direcionado à teleconsulta, providenciar ida com urgência a um hospital ou posto de saúde, ou ainda, descartar a suspeita de contaminação.

No caso de orientação para consulta virtual, esta pode ser agendada pelo usuário de acordo com a disponibilidade. O paciente é notificado por e-mail, SMS e pelo próprio aplicativo com 10 minutos de antecedência do horário da consulta.

Após realização da teleconsulta e avaliação do médico, o paciente pode ser acompanhado por enfermeiros e psicólogos que darão sequência ao atendimento.

Caso seja necessária a emissão de atestados, prescrições médicas ou pedidos de exames, o “Saúde Digital MG – Covid19” disponibiliza os documentos no próprio aplicativo, ou por e-mail. O usuário pode imprimir a receita com a assinatura do médico e ir até a farmácia de sua preferência – ou simplesmente mostrar o e-mail com o documento recebido em PDF.

Como baixar

O aplicativo Saúde digital MG – Covid-19 pode ser baixado, gratuitamente, nas plataformas digitais como smartphones e tablets, das lojas google play, para usuários do sistema Android e, App Store do sistema IOS. A ferramenta, desenvolvida pela empresa parceira Techtools, usa tecnologias de telemedicina inovadoras para triagem e consultas.

Fonte: Agência Minas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo