fbpx
Educação

Videoaulas do “Proerd em casa” estão disponíveis para todos os alunos da rede estadual de ensino

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) adaptou os conteúdos e produziu materiais que também poderão ser acessados no aplicativo Conexão Escola

Mesmo no período de isolamento social causado pela pandemia de covid-19, o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) continua realizando suas atividades. Resultado de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) e a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), a partir de agora, os conteúdos da iniciativa estão disponíveis para todos os alunos da rede pública estadual de ensino por meio de videoaulas.

Segundo a coordenadora metodológica do programa em Minas Gerais, major Danúbia Lopes, as lições preparadas para aplicação em sala de aula foram remodeladas para uma versão digital. “É um conteúdo bem voltado para o aluno”, observa Danúbia. A iniciativa, conforme a coordenadora, está sendo chamada de ‘Proerd em casa’.

Conteúdo

As adaptações foram feitas com autorização da Dare America, organização não-governamental detentora dos direitos autorais do programa. Além disso, as ações do ‘Proerd em casa’ não representam a substituição das aulas presenciais da iniciativa, mas uma proposta de continuidade da cooperação entre escola, família e PMMG neste momento em que as atividades escolares presenciais estão suspensas.

Divulgação / SEE

As videoaulas podem ser acessadas no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br e, também, no aplicativo Conexão Escola. “Nós temos um canal no Youtube no qual as videoaulas também estarão disponíveis, mas não saberíamos se, de fato, os alunos estariam sendo alcançados. Nos canais oficiais da SEE/MG, temos a certeza de que o estudante irá assistir”, destaca a major.

Ao todo, serão disponibilizadas 20 videoaulas, sendo dez para estudantes na faixa etária de 10 a 12 anos e, as demais, para os alunos com idades entre 12 e 14 anos. A ideia é que os estudantes tenham acesso a um vídeo por semana.

Com a adaptação para a versão digital, além das videoaulas, o objetivo é que os quase 500 policiais militares que atuam como instrutores do Proerd possam ser tutores dos alunos e façam um acompanhamento local. “Vamos criar uma rede de acesso à comunidade escolar para que os estudantes possam tirar dúvidas e interagir. Será um contato mais próximo e mais rápido que poderá ser feito, por exemplo, pelas redes sociais”, afirma Danúbia.

Material didático

Está disponível, tanto no site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br, como também no aplicativo Conexão Escola o material didático do Proed. São dois livros, um para cada uma das faixas etárias estabelecidas. O material é complementar ao apresentado nas videoaulas.

Sobre o Proerd

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) representa em um esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a escola e a família. O objetivo é ensinar habilidades aos estudantes para tomada de boas decisões, além de ajudá-los a conduzir suas vidas de maneira segura e saudável.

Em Minas Gerais, a Polícia Militar iniciou suas ações no Proerd a partir da capacitação de cinco policiais militares no Curso de Formação de Instrutores promovido pela Polícia de São Paulo, em 1997. Em 1998, foi assinado um protocolo de intenções entre a Prefeitura de Uberlândia e a PMMG para desenvolver o programa em algumas escolas da rede pública municipal, em caráter experimental. Posteriormente, com a formação de novos instrutores, o programa foi estendido para outras cidades de Minas Gerais.

Hoje, o Proerd está presente em todas as regiões do estado, atendendo e capacitando crianças, adolescentes e pais em diversos municípios e escolas das redes pública e privada. Em 2019, por exemplo, o programa atendeu cerca de 490 escolas. Desde o início das atividades, o Proerd já capacitou mais de 3,7 milhões de pessoas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar