fbpx
RegiãoSaúde & Bem Estar

Visconde do Rio Branco registra 202 casos confirmados de COVID-19

CASOS CONFIRMADOS: Com os dados levantados nas últimas 24h, Visconde do Rio Branco atingiu a marca de 202 casos positivos de covid-19. Das 12 novas confirmações identificadas, duas foram através de exame RT-PRC. Uma trata-se de paciente do sexo feminino, de 65 anos, que se encontra internado em leito clínico no Hospital São João Batista e, no momento, apresenta condição de saúde avaliada como estável. A outra, cuja coleta de swab nasal ocorreu na rede privada, diz respeito a um homem, de 21 anos, que passa bem e cumpre o isolamento domiciliar pelo período determinado.

Os 10 diagnósticos restantes se deram por meio da realização de testes rápidos e exames sorológicos em laboratório particular e envolvem cinco homens, com idades de 19 a 67 anos, e cinco mulheres, com faixa etária de 20 a 72 anos.

CASOS SUSPEITOS: Entre os 39 possíveis casos notificados na data de ontem (27), sete pessoas se enquadraram nos critérios para coleta de amostras biológicas. Nesse quantitativo, há dois profissionais de saúde, do sexo feminino, de 25 e 38 anos. Ambos passam bem e respeitam, em suas casas, o prazo de isolamento estabelecido.

As demais testagens foram em quatro homens, com idades de 32 a 81 anos, e em uma mulher, de 25 anos. Todos se encontram internados em leitos clínicos no HSJB, apresentando, atualmente, quadro considerado estável.

Também passam a constar nas estatísticas do município os exames RT-PRC efetuados na rede particular nos dias 22 e 23 de julho, sendo um paciente, de 21 anos, mencionado acima entre os casos positivos, e o outro, relacionado a um homem, de 28 anos, que testou negativo para a doença causada pelo novo Coronavírus.

NOTIFICAÇÕES: VRB tem, até esta terça-feira (28), 1540 casos suspeitos, 638 descartados, 202 confirmados, 94 pacientes curados e sete óbitos registrados.

VÍNCULO EPIDEMIOLÓGICO: De acordo com atualização técnica ao protocolo de infecção humana pelo sars-cov-2 n° 05/2020, publicada pela Secretaria de Estado de Saúde, o indivíduo com histórico de contato próximo ou domiciliar nos últimos sete dias antes do aparecimento dos sintomas com paciente positivado para covid-19 deve ser integrado ao levantamento de diagnósticos da doença como caso confirmado, sem passar pelo procedimento de testagem.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo