fbpx
RegiãoSaúde & Bem Estar

Hemominas registra queda no número de doações durante a pandemia na Zona da Mata

Confira a situação nas unidades das regiões e saiba as condições necessárias para realizar a doação.

Por causa da pandemia do novo coronavírus e a necessidade de isolamento social, as visitas a centros de coleta de sangue na Zona da Mata e no Campo das Vertentes têm diminuído, e os estoques de sangue estão baixos em alguns municípios.

Juiz de Fora

O Hemocentro de Juiz de Fora, localizado na Rua Barão de Cataguases, Bairro Santa Helena, está em um momento crítico em relação às doações de sangue.

Hemominas em Juiz de Fora — Foto: Rodrigo Neves/G1

Hemominas em Juiz de Fora — Foto: Rodrigo Neves/G1

A representante do Hemominas, Débora Carvalho, explicou ao G1 que, além do momento de pandemia, as estações mais frias do ano costumam levar menos doadores ao Hemocentro, historicamente.

Segundo Débora, todos tipos sanguíneos estão em falta. No entanto, os tipos O- e O+ são os mais imediatos, estando abaixo dos 50% em relação à sua necessidade.

A representante garante que a unidade juiz-forana do Hemominas está seguindo todas as recomendações de distanciamento social e só recebe doadores que estejam utilizando máscara.

Também para evitar a proliferação do coronavírus, a unidade atende somente por meio de agendamento. Os interessados podem marcar uma data pelo site do Hemominas, bem como pelo aplicativo MGapp, disponível para Android e iOS.

São João del Rei

A cidade de São João del Rei conta com um Hemonúcleo, localizado na Rua Prefeito Nascimento Teixeira, 175, no Bairro Segredo.

De acordo com o setor de captação da unidade, que atende 27 hospitais da região, a pandemia aumentou cerca de 20% na queda esperada pela unidade durante o outono e o inverno.

Respeitando todas as recomendações de segurança em relação ao coronavírus, o Hemonúcleo de São João del Rei trabalha com um limite de atendimento de 30 doadores por dia, sendo estas para doadores agendados online, grupos vindos de cidades vizinhas e voluntários, ou seja, que não marcam data ou horário para a doação.

O atendimento também segue uma ordem: os primeiros a serem atendidos são os maiores de 60 anos, em seguida os doadores convocados, depois os agendados e, por último, os voluntários.

O uso de máscara é obrigatório na unidade e, segundo a instituição, todos os ambientes são descontaminados e possuem álcool em gel e distanciamento entre as cadeiras, além de apenas um técnico atender um doador por vez.

Para agendar uma doação, basta acessar o site do Hemominas, ou o aplicativo MGapp, disponível para Android e iOS.

Muriaé

A unidade do Hemominas em Muriaé é um Posto Avançado de Coleta Externa (PACE), por isso, todo o sangue colhido na cidade é encaminhado ao Hemocentro de Juiz de Fora.

Unidades do Hemominas registram queda no número de doações durante a pandemia — Foto: Prefeitura/Arquivo

Unidades do Hemominas registram queda no número de doações durante a pandemia — Foto: Prefeitura/Arquivo

No entanto, a cidade conta com duas agências transfusionais, com hemocomponentes em estoque para atender aos hospitais muriaeenses. Segundo a instituição, os estoques encontram-se muito baixos, devido ao decréscimo do número de doadores de sangue tanto nos PACEs, quanto nos hemocentros, devido à pandemia do coronavírus.

De acordo com a coordenação do PACE, houve uma queda de 60% no número de doações durante a quarentena. Isso se dá, principalmente, pela suspensão das caravanas de doação, que vinham de municípios vizinhos.

O PACE de Muriaé, que funciona na Rua Dr. Ivan Américo, no Centro da cidade, não está realizando agendamentos prévios. Os interessados em doar devem ir até a unidade e apresentar um documento de identidade original com foto.

A coordenação da unidade garante que está seguindo todos os protocolos e normas técnicas da Fundação Hemominas para se evitar a proliferação do coronavírus, como o uso de máscaras e a disponibilização de álcool em gel para todos os doadores.

Barbacena

Assim como na unidade de Muriaé, o PACE de Barbacena envia todo o sangue coletado ao Hemocentro de Juiz de Fora, onde é realizado o processamento, acondicionamento e distribuição aos hospitais da região.

No entanto, a unidade não está realizando agendamentos. Segundo a coordenação do local, alguns doadores estavam agendando horário para realizar a doação mas, no dia, acabavam não comparecendo.

Isso estava impedindo a chegada de mais doadores e afetando o número de coletas, que já está baixo desde o começo do pandemia.

Por isso, a partir da próxima segunda-feira (3), os interessados em ajudar devem se encaminhar ao PACE, anexo ao Hospital Santa Casa de Misericórdia, na Rua Padre Tolêdo, Bairro São Sebastião. A unidade funciona às segundas-feiras, das 9h às 16h.

Em Barbacena, o número de atendimentos foi reduzido, assim como o número de cadeiras, para evitar aglomerações e a proliferação do coronavírus. Atualmente, cerca de 50 doadores são atendidos por dia.

Todas as normas de higiene e segurança estão sendo seguidas na unidade, e o uso de máscaras é obrigatório.

Leopoldina

O PACE de Leopoldina é a unica unidade consultada que afirma estar com o número de doações estável e como o esperado.

Segundo o setor de captação do local, o atendimento está reduzido por causa da pandemia. Por isso, a diminuição no número de doadores atende a capacidade suportada.

Os protocolos de segurança em relação ao coronavírus são seguidos na unidade, com o uso de máscaras obrigatório e a disponibilização de álcool em gel em todos os ambientes.

O local também não está realizando agendamentos, e os interessados em ajudar podem comparecer à Rua Santa Filomena, 250, no Centro da cidade, das 8h às 16h.

Posso doar?

Quem pode doar? — Foto: Secom-MT

Quem pode doar? — Foto: Secom-MT

Para doar, os candidatos devem ter idade entre 16 e 69 anos e pesar acima de 50 kg.

É importante estar alimentado e em boa condição de saúde e não comparecer às unidades caso apresente sintomas semelhantes aos da Covid-19.

Todas as condições e restrições estão disponíveis no site do Hemominas.

Fonte: G1.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo