fbpx
UFV

Parceria entre a UFV e a Bayer incentiva à inovação e à pesquisa tecnológica

Por meio do acordo firmado pela multinacional e a instituição de ensino superior será possível estudar organismos que causam a podridão na soja brasileira

A Universidade Federal de Viçosa (UFV) e a Bayer assinaram uma parceria de colaboração técnico-científica para o desenvolvimento de um estudo de variabilidade de populações de Phytophthora sojae – patógeno que provoca a podridão radicular e da haste da soja no Brasil.

“Os resultados da pesquisa permitirão melhor compreensão dos mecanismos de ação do fungo, pois durante o projeto será possível investigar a variação genética do fungo, responsável por um dos principais problemas que afetam a cultura da soja hoje. Com a pesquisa queremos identificar as raças que causam podridão radicular e da haste da soja; verificar a variação nas amostras coletadas em diferentes regiões e estimar a efetividade dos genes. Além de conhecer melhor as diferentes estruturas genéticas dessas populações e com estas informações aumentar a capacidade de obter variedades resistentes a doença” explica Dirceu Júnior, diretor do Centro de Expertise em Agricultura Tropical (CEAT) da Bayer.

A podridão radicular e da haste em soja é uma doença causada pelo oomiceto Phytophthora sojae, típico patógeno habitante de solo. Em solos mal drenados, a doença pode causar impactos econômicos expressivos e a melhor forma de manejo da doença tem sido o uso de variedades de soja resistentes.

Essa parceria é um dos resultados de um longo relacionamento institucional entre a Bayer e a Universidade Federal de Viçosa (UFV), que tem sido liderada pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFV (PPG/UFV), com o apoio do Parque Tecnológico de Viçosa (tecnoPARQ), unidade do CenTev/UFV. Esse é um esforço institucional com o objetivo de ampliar e potencializar o relacionamento da instituição com grandes players nacionais e multinacionais.

Para Adriana Ferreira de Faria, Diretora Executiva do Centev/UFV, parcerias como essa colaboram com o desenvolvimento tecnológico. “O projeto está alinhado às demandas atuais e favorece a formação dos alunos que têm a oportunidade de participar de pesquisas que transformam a realidade, entregando valor para as pessoas”, reforça a especialista.

Além disso, por meio do Innovation Link, Programa do tecnoPARQ realizado em parceria com a CPPI, está sendo articulada a ação Bayer Day, um encontro de Inovação que ocorrerá nos próximos meses com o intuito de aproximar a Bayer e os pesquisadores da UFV que atuam em diversas temáticas.

São inúmeras as tecnologias prontas para serem transferidas para o setor produtivo e tantas outras que podem avançar e produzir bons frutos. A sinergia entre universidade e empresa promove uma grande conexão. A instituição oferece soluções, tecnologias e produtos inovadores para o mercado, em contrapartida, recebe recursos para projetos que agregam em infraestrutura de pesquisa e capacitação de futuros profissionais cada vez mais bem preparados para os desafios do mercado.

 

Sobre a Bayer

A Bayer é uma empresa global focada em Ciências da Vida nas áreas de saúde e nutrição. Seus produtos e serviços são desenvolvidos para beneficiar pessoas apoiando-as para superar os maiores desafios apresentados pelo crescimento e envelhecimento populacional. Além disso, a companhia visa criar valor por meio da inovação e crescimento. A Bayer é comprometida com os princípios do desenvolvimento sustentável e a marca Bayer representa confiança, credibilidade e qualidade ao redor do mundo. No ano fiscal de 2019, com cerca de 104 mil colaboradores, obteve vendas de € 43.5 bilhões. Os investimentos totalizaram € 2,9 bilhões e as despesas com Pesquisa & Desenvolvimento somaram € 5,3 bilhões. Para mais informações, acesse www.bayer.com.br.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo