fbpx
Diversidade

Azul volta a operar voos entre Juiz de Fora e Campinas no Aeroporto Presidente Itamar Franco

Segundo a companhia, são dois voos de segunda a sexta-feira, um em cada rota. Operações haviam sido suspensas em março por causa da pandemia de Covid-19.

A Azul Linhas Aéreas voltou a operar nesta segunda-feira (17) com voos entre as cidades de Juiz de Fora e Campinas (SP). São dois voos, um em cada rota, com frequência diária de segunda a sexta-feira. Os voos haviam sido suspensos no fim de março por causa da pandemia da Covid-19.

Os voos com origem Juiz de Fora saem do Aeroporto Regional da Zona da Mata Presidente Itamar Franco, em Goianá. Em Campinas, o trecho é feito no Aeroporto Internacional de Viracopos. De acordo com a empresa, a operação é cumprida com aeronaves modelo ATR 72-600 com capacidade para 70 passageiros e valor promocional de R$ 220,80 por trecho.

Preparativos para retomada de voos da Azul no Aeroporto Regional da Zona da Mata Presidente Itamar Franco — Foto: Vagner Tolendato/G1

Preparativos para retomada de voos da Azul no Aeroporto Regional da Zona da Mata Presidente Itamar Franco — Foto: Vagner Tolendato/G1

Medidas e protocolos de higiene foram tomadas para essa retomada, como disponibilização de kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido nos aviões a cada novo voo (Veja as medidas abaixo).

Veja os novos horários:

Nova tabela de voos

OrigemSaídaDestinoChegadaFrequência
Campinas (VCP)13:35Juiz de Fora (IZA)15:05Segunda à sexta
Juiz de Fora (IZA)18:00Campinas (VCP)19:35Segunda à sexta

Além de Juiz de Fora, outras sete bases foram reabertas: Governador Valadares (MG), Vitória da Conquista (BA), Dourados (MS), Presidente Prudente (SP), Campina Grande (PB), Ilhéus (BA) e Joinville (SC). Com o incremento de frequências, a Azul deve operar 303 voos diários neste mês, um crescimento de 290% no comparativo com a malha de abril.

As passagens para os destinos estão disponíveis em todos os canais oficiais da Azul.

Limpeza reforçada

Voo da Azul no Aeroporto Regional da Zona da Mata Presidente Itamar Franco — Foto: Reprodução/TV Integração

Voo da Azul no Aeroporto Regional da Zona da Mata Presidente Itamar Franco — Foto: Reprodução/TV Integração

Desde o início da pandemia, a Azul reforçou a limpeza das aeronaves a cada voo e à noite. Além disso, a companhia foi a primeira do país a tornar obrigatório o uso de máscaras por tripulantes e passageiros, tanto a bordo quanto em solo.

A Azul também passou a medir a temperatura dos tripulantes a cada início de turno, aumentando a confiança em solo e a bordo e preservando a vida e a segurança de todos.

Outra medida anunciada é o Tapete Azul, composto por um conjunto de projetores e monitores, que, por meio de realidade aumentada, indicam ao passageiro o momento de embarcar. No chão, os projetores formam um tapete virtual colorido e móvel, que convida a pessoa a se posicionar na fila de acordo com o número do assento.

Além disso, kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido abastecem os aviões a cada novo voo e estão à disposição para uso dos passageiros e tripulantes quando necessário.

A Azul também tem utilizado descontaminantes bactericidas que contam com um princípio ativo que elimina o vírus da Covis-19 em 99,99% dos casos, atendendo todas as normas de procedimento de limpeza e desinfecção sugeridas pela Anvisa.

Fonte: G1.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo