fbpx
Cultura

Paredes de escolas municipais ganham ilustrações de artistas plásticos em Viçosa

Intervenções acontecem por meio do Festival "Arte na Escola"

Desenhistas, ilustradores e grafiteiros de Viçosa foram convidados para realizar intervenções artísticas nas paredes das escolas da rede municipal. As intervenções fazem parte do Festival “Arte na Escola”, realizado por meio do Plano Emergencial de Cultura Municipal. Durante a pandemia, a proposta do projeto é aquecer o cenário cultural e incentivar artistas de diversos segmentos que deixaram de exercer suas atividades devido ao isolamento social.
O Festival “Arte na Escola” propõe ressignificar os espaços escolares de cada uma das 19 unidades de ensino fundamental e centros de educação infantil municipais. O projeto inicial previa a participação dos alunos, com oficinas ministradas pelos artistas. No entanto, devido à pandemia, as atividades foram adaptadas e os painéis criados pelos artistas vão recepcionar as crianças no retorno das aulas presenciais.
O primeiro edital publicado pelo Conselho Municipal de Política Cultural contemplou 4 artistas e a Secretaria de Educação escolheu 4 centros municipais de educação infantil para receberem os primeiros painéis. O grafiteiro e tatuador Rodrigo Branco fez seu painel no anexo do CMEI Presidente Getúlio Dorneles Vargas, no distrito de São José do Triunfo. A pintora e ilustradora Cacá Fonseca realizou intervenções no CMEI Maria José Santana, no bairro Santo Antônio. O CMEI Leda de Bittencourt Bandeira, em Nova Viçosa, ganhou um painel do grafiteiro Vinícius PsYco. E o pintor e ilustrador Samuel Ulhôa deixou sua intervenção no CMEI Celito Francisco Sari, no bairro Sagrado Coração.
Dar visibilidade e legitimidade ao trabalho dos artistas plásticos viçosenses, principalmente os grafiteiros de rua, é uma meta do Plano Municipal Cultura. Segundo o chefe do Departamento de Cultura e coordenador do Arte na Escola, Thomas Medeiros, o contato com os artistas desse segmento vem sendo mantido desde o início do ano, quando diversas atividades estavam sendo estruturadas para 2020. “Infelizmente a pandemia nos fez adiar esses projetos, mas enxergamos o Festival Arte na Escola como um importante passo rumo a uma relação duradoura com os grafiteiros, ilustradores, pintores e artistas que precisam ser valorizados”, comentou.
Os trabalhos foram executados nesta semana e o resultado será mostrado em vídeo que será publicado no canal da prefeitura no Youtube. O Festival “Arte na Escola” é uma realização do Conselho Municipal de Política Cultural, Departamento de Cultura, Secretaria de Educação, por meio do Plano Emergencial de Cultura Municipal, com recursos do Fundo Municipal de Cultura.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo