fbpx
Região

IBGE aponta que populações de Ubá e Visconde do Rio Branco cresceram mais do que a média nacional; veja dados da Zona da Mata

A estimativa da população divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que Ubá e Visconde do Rio Branco cresceram mais do que a média nacional em 2020. Outras das principais cidades da Zona da Mata e do Campo das Vertentes, como Juiz de Fora e Barbacena, também registraram aumento.

As informações foram divulgadas pelo instituto na última quinta-feira (28) e refere-se a estimativa com o total de habitantes dos municípios até 1º de julho de 2020. Segundo o IBGE, a população brasileira foi estimada em 211,8 milhões de habitantes – aumento de 0,77% na comparação com a população estimada do ano passado.

Em Ubá, o número de habitantes chegou a 116.797, o que representa um aumento de 1,06% em relação ao valor estimado em 2019, que era de 115.552. O município é o segundo maior da Zona da Mata, atrás apenas de Juiz de Fora.

Juiz de Fora registrou um crescimento igual ao da média nacional – um aumento de 0,77% na população, que saiu de 568.873 para 573.285. A cidade segue como a quarta mais populosa de Minas Gerais, atrás de Belo Horizonte, Contagem e Uberlândia, respectivamente.

Vista parcial de Visconde do Rio Branco, MG — Foto: Prefeitura de Visconde do Rio Branco/Divulgação

Vista parcial de Visconde do Rio Branco, MG — Foto: Prefeitura de Visconde do Rio Branco/Divulgação

A segunda cidade que registrou um aumento maior do que estimado no país foi Visconde do Rio Branco. Segundo o IBGE, o aumento populacional é de 0,94%. O município tem, em 2020, a estimativa de 42.965 habitantes. Em 2019, eram 42.564.

Barbacena segue como a cidade mais populosa do Campo das Vertentes e o IBGE registrou um aumento populacional estimado de 0,64%. A projeção do instituto é de que o município tenha atingido a marca de 138 mil habitantes em 2020. No último ano, eram 137.313.

Das dez maiores cidades das regiões, apenas Santos Dumont apresentou diminuição no número de habitantes. Na estimativa realizada pelo IBGE em 2019, o município também apresentou retração no crescimento da população. Neste ano, os dados apontam uma população com 46.421, o que significa uma diminuição de 0,14% em comparação com o levantamento anterior.

Já a cidade com menos habitantes das duas regiões é Paiva. O município tem, em 2020, uma população de 1.523 pessoas, segundo o IBGE. Este número é menor do que o registrado em 2019, quando o local tinha 1.529 habitantes. Uma diminuição de 0,39% na taxa populacional.

Confira a taxa de crescimento populacional das dez maiores cidades das regiões:

Taxa de crescimento populacional das cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes

CidadeEstimativa 2019Estimativa 2020Taxa de crescimento
Juiz de Fora568.837573.2850,77%
Barbacena137.313138.2040,64%
Ubá115.552116.7971,06%
Muriaé108.763109.3920,57%
São João del Rei90.08290.4970,46%
Viçosa78.84679.3880,68%
Cataguases75.12375.5400,15%
Leopoldina52.58752.6400,20%
Santos Dumont46.48746.421-0,14%
Visconde do Rio Branco42.56442.9650,94%

Brasil

 

A população brasileira foi estimada em 211.755.692 habitantes em 5.570 municípios, segundo o IBGE. O número representa um aumento de 0,77% na comparação com a população estimada do ano passado. Em 2019, o IBGE estimou um total de 210,1 milhões de pessoas.

São Paulo permanece na frente como a unidade da Federação com mais habitantes: 46,289 milhões de pessoas, concentrando 21,9% da população total do país. Ano passado, a população paulista era de 45,9 milhões. Na sequência, os estados mais populosos são Minas Gerais (21,292 milhões) e Rio de Janeiro (17,366 milhões).

São Paulo continua sendo o município mais populoso, com 12,3 milhões de pessoas, seguido por Rio de Janeiro (6,75 milhões), Brasília (3,05 milhões) e Salvador (2,88 milhões).

Com apenas 776 habitantes, Serra da Saudade (MG) é a cidade brasileira com menor população, seguido por Borá (SP), com 838 habitantes, Araguainha (MT), com 946 habitantes, e Engenho Velho (RS), com 982 habitantes.

Fonte: G1.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo