fbpx
Saúde & Bem Estar

Cidades da Zona da Mata seguem na Onda Amarela do ‘Minas Consciente’ após reunião do Comitê Estadual

O Comitê Extraordinário Covid-19 do Governo Estadual definiu em reunião nesta quarta-feira (2) que as macrorregiões Centro Sul, Leste do Sul e Sudeste, que reúnem municípios da Zona da Mata e Campo das Vertentes, seguem na Onda Amarela do programa “Minas Consciente” por mais 28 dias.

A medida também é válida para as microrregiões Barbacena, São João del Rei, Congonhas/Conselheiro, Viçosa, Além Paraíba, Muriaé, Santos Dumont, Carangola, Leopoldina/Cataguases, Ubá e Juiz de Fora/Lima Duarte/São João Nepomuceno/Bicas.

As regiões avançaram para a Onda Amarela em 8 de agosto. Segundo avaliação do Governo de Minas, os municípios da Zona da Mata e o Campo das Vertentes apresentaram índices favoráveis para manter a abertura de serviços não essenciais, contemplados pela Onda Amarela, como bares, lojas de roupas e calçados, autoescolas, salões de beleza, lojas de móveis, academias de ginástica (com restrições) e outros.

Ainda durante a divulgação do Comitê Estadual nesta quarta-feira, também foi anunciada a autorização de funcionamento de cursos de pós-graduação durante a Onda Amarela (veja abaixo).

Nesta reunião, foi anunciado que a macrorregião Norte foi a única que “apresentou bons índices e um contexto seguro para avanço no plano” e está na Onda Verde do programa, onde é liberado o funcionamento de cinemas, zoológicos, casas de festas, parques de diversão e shows, respeitando o limite de até 30 pessoas no ambiente.

Fonte: G1.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo