fbpx
EducaçãoSaúde & Bem Estar

Viçosa poderá retomar aulas presenciais, mas UFV continua com ensino remoto e prefeitura aguarda orientações estaduais

Na quarta (23), o Governo de Minas anunciou o retorno das aulas presenciais: “apenas nas regiões inseridas na onda verde do plano Minas Consciente. Já o ensino superior poderá voltar às aulas presenciais nas regiões contempladas na onda amarela do plano, sendo que faculdades poderão retornar às atividades presenciais já na próxima semana”.

A metodologia do Minas Consciente permite ao município a adesão de 2 formas: juntar-se à MACRORREGIÃO ou à MICRORREGIÃO. Viçosa é um dos municípios que compõe uma microrregião (tanto que a cidade recebe pacientes de outros municípios nos leitos hospitalares).

A adesão de Viçosa foi feita no Minas Consciente como MICRO. Aí, entra a questão que está gerando dúvidas: atualmente, a MACRO onde Viçosa poderia está inserida é a Leste do Sul, que engloba Ponte Nova e Manhuaçu. Essa região está, há algum tempo, na ONDA AMARELA. Já a micro, que tem Viçosa como referência, está na ONDA VERDE.

Sendo assim, todas as deliberações estaduais sobre a onda verde incluem o município de Viçosa.

A retomada, então, é automática?

Não. O município segue os protocolos estaduais e pode estabelecer regras COMPLEMENTARES, que reforçam as medidas de combate e controle da doença.

Uma das medidas de Viçosa é a obrigatoriedade da solicitação de vistoria feita no site e a visita dos fiscais da PMV nos locais, para autorizar a reabertura. Esse processo ainda não começou a ser realizado, uma vez que as orientações estaduais sobre a volta às aulas não foram enviadas para a Secretaria de Saúde de Viçosa.

UFV mantém atividades acadêmicas remotas

O anúncio do governo estadual, nessa quarta-feira (23), de que as cidades das macrorregiões em onda verde do plano Minas Consciente poderão reabrir suas escolas a partir de 5 de outubro não altera o calendário da Universidade Federal de Viçosa (UFV). A instituição reafirma o calendário do Período Especial Remoto (PER), iniciado em 31 de agosto e com previsão de término em 15 de dezembro, aprovado pela Resolução CEPE 07/2020.

A UFV nomeou um comitê Pós-Pandemia que continua avaliando as condições epidemiológicas das cidades e regiões em que estão localizados seus três campi, as quais indicam que qualquer definição sobre o retorno das aulas presenciais só deverá acontecer em 2021. O compromisso da Universidade Federal de Viçosa é com a saúde e o bem-estar da comunidade acadêmica e da sociedade como um todo.

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo