fbpx
Cidade

Projeto técnico social da ETE-Viçosa instala placas educativas ao longo do Ribeirão São Bartolomeu

O Projeto de Trabalho Técnico Social (PTTS) das obras da Estação de Tratamento de
Esgoto de Viçosa (ETE-Viçosa) está sob coordenação do Serviço Autônomo de Água e
Esgoto (SAAE) por meio de uma equipe multidisciplinar formada em fevereiro de 2020.
Entre outras funções, a equipe é responsável pela realização de atividades de informação e
divulgação do projeto, junto ao público beneficiário do empreendimento.

No dia 24 de setembro, parte da equipe do PTTS, com o apoio da Diretoria de Engenharia e
Manutenção do SAAE, iniciou a instalação de placas educativas ao longo do Ribeirão São
Bartolomeu, a fim de cumprir uma das atividades socioambientais do projeto.

Essa ação tem o intuito de sensibilizar e educar a população viçosense sobre a
sustentabilidade dos interceptores de esgoto e a manutenção da limpeza dos leitos dos rios,
além de informar sobre o projeto de despoluição das águas de Viçosa.

Ao todo serão instaladas 30 placas educativas ao longo dos 6 quilômetros de interceptores
de esgotos construídos às margens do Ribeirão São Bartolomeu, que serão interligados à
ETE-Viçosa. Os pontos foram definidos pela equipe em visita técnica ao traçado dos
interceptores, sendo escolhidos locais estratégicos de maior visibilidade, a fim de atingir e
ampliar à comunicação ao maior número de cidadãos.

Com foco nas comunidades do entorno da ETE-Viçosa (Barrinha, Cidade Nova, São José e
Arduíno Bolivar), o PTTS apresenta como objetivo principal promover o exercício da
participação e a inserção social das famílias diretamente beneficiadas, em articulação com
as demais políticas públicas, contribuindo para a melhoria da sua qualidade de vida e para a
sustentabilidade dos bens, equipamentos e serviços implantados.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo